Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Adolescentes: Como introduzi-los ao trekking em uma idade tão difícil

A adolescência é a fase da vida dos indivíduos que marca a transição entre a infância e a idade adulta.

Blog de Escalada

Blog de Escalada|Do R7

A adolescência é a fase da vida dos indivíduos que marca a transição entre a infância e a idade adulta. Nesta fase da vida há alteração física, mental e social. Por causa destas transformações existentes, a adolescência é um período delicado na vida de grande parte das pessoas. O jornalista Nelson Rodrigues afirmava que o adolescente possui todos os defeitos de uma pessoa adulta e mais um: o da inexperiência.

Quem já teve de conviver com adolescentes sabe que esta é das fases mais difíceis de convívio. O adolescente ainda não tem a maturidade suficiente para tomar decisões e, ao mesmo tempo, os desejos individuais surgem com mais força. Neste coquetel emocional aprecem os primeiros conflitos entre adultos e adolescentes.

A adolescência é um período em que o indivíduo precisa experimentar coisas novas e todo esse processo é uma fase fundamental para o seu desenvolvimento. Portanto, para que consiga introduzir um adolescente ao trekking e atividades outdoor, é necessário certa dose de estratégia. Isso porque é um erro primário impedir que adolescentes tenham experiências novas, afinal, eles cresceram e precisam disso para a construção da identidade.

Não faça a experiência ser pavorosa

Publicidade
Blog de Escalada
Blog de Escalada Blog de Escalada

Qualquer pessoa que fechar os olhos e lembrar das experiências com os pais, lembrará de certas situações que houveram chiliques homéricos e broncas colossais em passeios. Tudo por conta da atitude típica do adolescente. Portanto, para um passeio no universo outdoor, não coloque regras em excesso, muito menos se preocupe com o que estiver vestindo ou comendo.

Evite ficar mandando e coordenando como um general para suas tropas. Adolescentes, por pensar que sabem tudo, detestam pessoas dizendo o que fazer ou afirmando que sabem mais que eles. tente usar a inteligência emocional. Procure ir modelando suas escolhas, mas não as controlando. Evite também ficar sendo deslumbrado com tudo, ou romantizando uma situação. Trate-o com respeito e como uma pessoa que ele acha que é: um adulto.

Publicidade

Dê responsabilidade a ele, mas sem exigir resultados de alguém experiente. Faça-o sentir-se útil e importante. No momento de montar uma barraca, deixe ele ir fazendo as tarefas, e somente dê as instruções quando ele pedir. Ele quer aprender, portanto deixe-o descobrir as coisas.

Privilegie a diversão

Publicidade
Blog de Escalada
Blog de Escalada Blog de Escalada

Maioria dos adolescentes possui fontes inesgotáveis de diversão na cidade. Internet, videogame, smartphone, etc. Portanto, ele já nasceu predisposto a divertir-se a todo tempo. Por isso, não pense em introduzi-lo, ou mesmo levá-lo, para alguma atividade que seja sofrida ou desgastante. Algumas pessoas, maioria adultas, acham divertido uma atividade extenuante e agonizante do ponto de vista físico. Porém, adolescentes não pensam assim. Eles querem, como no título, se divertir.

Portanto considere colocar a atividade divertida todo o tempo. Durante um trekking, procure passar por cachoeiras para eles nadarem, por árvores para subirem, contar piadas (mesmo que sejam com palavrões), falar mal dos colegas da escola (neste ponto você pode até descobrir algo que não sabe) e assim por diante. Até mesmo jogar pedras no rio pode ser divertido, basta saber introduzir a atividade e o desafio.

Ensine a escolher

Blog de Escalada
Blog de Escalada Blog de Escalada

Adolescente e música andam sempre juntos. Portanto, não implique que ele escute música em seu fone de ouvido, ficando isolado do grupo. Porém explique a ele (ela) que quanto mais escutar música em um dado momento, pode faltar bateria mais tarde. Para isso, uma boa prática é manter os eletrônicos dos adolescentes, no momento que iniciar o trekking, com bateria em torno dos 50%.

O mesmo tipo de estratégia pode ser feito com comida e bebida, ensinando a ele que deve controlar os impulsos. Além disso, permita a ele escolher caminhos, atividades e até mesmo o local de parada na volta para casa. Ele aprenderá, acima de tudo, se está fazendo escolhas certas e que para cada uma delas há uma avaliação a ser feita.

Leve alguns amigos

Blog de Escalada
Blog de Escalada Blog de Escalada

Se lidar com um adolescente parece difícil, imagine com vários. Pode parecer uma tarefa hercúlea, mas na verdade acontece o efeito contrário. O velho espírito de competitividade, especialmente com alguém da própria idade, também existe nos adolescentes.

Mesmo que não haja competitividade, haverá também camaradagem. Pois ambos poderão falar “a mesma língua” sobre os mesmos assuntos. A mesma regra da paciência e da inteligência emocional, vale proporcionalmente para quem ter de coordenar mais de um.

Conforto

Blog de Escalada
Blog de Escalada Blog de Escalada

Foto: Andy Cochrane | https://gearjunkie.com

Todo adolescente é conhecido, e reconhecido, por ser um reclamão. Para evitar ao máximo esta postura, procure deixa-lo confortável todo o tempo. Mantenha-o sempre aquecido, alimentado e descansado durante a atividade. Não o faça enfrentar frio, fome e cansaço. Por mais que seja tentador para “construir caráter”, isso apenas irá afastá-lo da atividade.

Portanto procure certificar-se que ele, e seus amigos, estejam utilizando vestimenta adequada para a atividade, assim como o equipamento de camping e trekking. A prioridade é o conforto.

A qualidade da comida deve ser levada em consideração. Comidas que não alimentem, não são gostosas e nem dão energia, apenas irá piorar a experiência. Lidar com um adolescente é como carregar uma caixa com dinamites, todo detalhe e movimentação deve ser calculada com precisão.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.