Após briga no domingo, FPF marca novo jogo da Copinha em Mogi das Cruzes

Palco de uma briga campal entre a torcida organizada Independente, do São Paulo, policiais militares e guardas municipais no domingo, o Estádio Nogueirão, em Mogi das Cruzes, vai continuar recebendo jogos da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Na quarta-feira, o estádio será palco de confronto entre América-MG e Bahia, às 17h, pelas quartas de final.

O São Paulo jogou cinco vezes na Arena Barueri, de melhor estrutura a maior capacidade, mas teve o jogo contra o Rondonópolis, pelas oitavas de final, alterado para Mogi das Cruzes. A cidade há décadas não recebia partidas do clube tricolor e o jogo teve portões abertos, o que atraiu público muito acima da capacidade do estádio.

A Federação Paulista de Futebol (FPF), responsável pela competição, não explicou os motivos de levar o São Paulo a Mogi das Cruzes, nem as razões de escolher o Nicolau Alayon (estádio do Nacional, em São Paulo) e o Nogueirão para receber partidas desta fase da Copinha. A arena em Mogi das Cruzes foi reformada entre 2014 e 2015 e não tem capacidade para mais de 7 mil torcedores.

O São Paulo volta a Barueri, onde, também na quarta-feira, encara o Flamengo, às 19h30, em partida que terá venda de ingressos - os preços não foram revelados ainda. O Corinthians, por sua vez, segue jogando em Limeira e, desta vez, vai encarar o Ituano, que deixou Itu para ir à cidade que foi sede de todos os jogos do time alvinegro na competição.

O América-MG fez cinco jogos em São Paulo (Rua Javari e Nicolau Alayon) e eliminou o Palmeiras em São José dos Campos. Agora, vai a Mogi das Cruzes. Já o Bahia passou por Taubaté, Bragança Paulista e São Paulo.