Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Alcaraz vence Rune e vai enfrentar Medvedev na semifinal de Wimbledon

Tenistas já se enfrentaram no torneio inglês em 2021, e russo levou a melhor; esta é a primeira semifinal em Wimbledon de Alcaraz

Mais Esportes|

Carlos Alcaraz é o líder do ranking mundial de tênis
Carlos Alcaraz é o líder do ranking mundial de tênis Carlos Alcaraz é o líder do ranking mundial de tênis

O tenista espanhol Carlos Alcaraz se classificou para as semifinais de Wimbledon nesta quarta-feira (12), ao derrotar o dinamarquês Holger Rune (6º). O atual Nº1 do mundo fechou o jogo em 3 sets a 0, com parciais de 7-6 (7/3), 6-4 e 6-4, em duas horas e 21 minutos de disputa. Na próxima fase, ele enfrentará o russo Daniil Medvedev (3º) por uma vaga na final do torneio.

Em um jogo muito equilibrado, o espanhol de 20 anos conseguiu se impor nos momentos decisivos. "Não esperava jogar em um nível tão bom nesta superfície (grama), para mim é uma loucura", comentou Alcaraz depois da vitória.

"No início estava muito nervoso por jogar as quartas de final aqui, ainda mais contra Rune, que tem a mesma idade e joga em um grande nível", explicou. "Eu sempre disse que quando se entra na quadra não existem amigos", acrescentou Alcaraz, que conhece Rune desde os tempos de juvenil.

· Compartilhe esta notícia pelo Whatsapp

Publicidade

· Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Na primeira parcial, os dois tenistas se estudaram do fundo de quadra e não houve quebra de serviço até o tie break, que continuou equilibrado, mas terminou com o espanhol levando a melhor. No segundo set, com ambos mais soltos em quadra, o equilíbrio continuou até que Rune teve o saque quebrado ao acertar a rede no nono game. Na sequência, Alcaraz serviu para abrir 2 a 0.

Publicidade

Quando o espanhol conseguiu mais uma quebra no quinto game do terceiro set, a situação de Rune se complicou e ele não conseguiu mais se recuperar.

Mais cedo, Medvedev derrotou o americano Christopher Eubanks (43º), grande surpresa do torneio, por 3 sets a 2, com parciais de 6-4, 1-6, 4-6, 7-6 (7/4) e 6-1, em duas horas e 58 minutos. Campeão do US Open em 2021, o russo conseguiu muito menos 'winners' (52) que Eubanks (74), mas também cometeu menos erros não forçados (13 contra 55).

Publicidade

O americano de 27 anos, que nas oitavas eliminou o grego Stefanos Tsitsipas (5º), tentava se tornar o terceiro tenista da história a chegar às semifinais em sua primeira participação em Wimbledon. No entanto, seu sonho foi por água abaixo em um quinto set muito acirrado.

"Depois do primeiro set, não queria ir até o quinto, mas quando perdi o terceiro, me motivei a chegar ao quinto", declarou Medvedev após a partida. "Houve momentos em que eu estava perdendo, por assim dizer, e ele estava jogando bem. Comecei a cair e a cometer erros, mas a partir do terceiro set, comecei a construir algo. Tive mais oportunidades no quarto set e depois do tie break joguei muito bem", concluiu o russo.

Publicidade

Carlos Alcaraz e Daniil Medvedev voltam à quadra para disputar uma vaga na grande final de Wimbledon na próxima sexta-feira (14), mesmo dia em que o sérvio Novak Djokovic (2º) e o italiano Jannik Sinner (8º) decidem quem será o outro finalista. O campeão sai no domingo.

Fim de uma era! Rafael Nadal não está entre os 10 melhores tenistas do mundo após 17 anos

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.