LeBron James e outras estrelas formam associação para incentivar negros a votarem

LeBron James revelou que fará parte de uma associação, que tem como meta proteger os direitos de voto e, ao mesmo tempo, incentivar negros norte-americanos a votarem na eleição presidencial, agendada para novembro deste ano.

"Sentimos que estamos sendo ouvidos e recebendo alguma atenção, e este é o momento de finalmente fazermos a diferença", disse LeBron ao jornal The New York Times, em referência às manifestações que acontecem nos Estados Unidos contra a injustiça racial.

A organização, chamada "More Than a Vote" (Mais Que um Voto), incentivará negros norte-americanos a se registrarem como eleitores. O principal meio de atuação da associação será através das redes sociais, onde o grupo fará alertas sobre futuras intervenções no direito de voto dos afro-americanos.

"Sim, queremos que você saia e vote, mas também vamos dar o tutorial", explicou LeBron, que acrescentou: "Vamos dar a você o histórico de como votar e o que eles estão tentando fazer, do outro lado, para impedi-lo de votar".

O astro da NBA uniu forças a outros atletas e celebridades dos Estados Unidos. Também integram a associação Trae Young, jovem astro do Atlanta Hawks, Alvin Kamara, da franquia de futebol americano New Orleans Saints e o comediante Kevin Hart.

LeBron acredita que seu maior legado se dará fora das quadras. Até o momento, ele se limitou a manifestar-se em suas mídias sociais, que, ao todo, contemplam mais de 100 milhões de seguidores, mas percebeu que deveria "sair e fazer um pouco mais".

"Sou inspirado por pessoas como Muhammad Ali, sou inspirado por Bill Russells e Kareem Abdul-Jabbars, Oscar Robertsons, aqueles caras que ficaram quando os tempos eram ainda piores do que são hoje", revelou.

A organização, financiada por LeBron, irá colaborar com outros grupos norte-americanos de promoção ao voto, como o "We All Vote" (Todos Nós Votamos) e o "Fair Fight", (Luta Justa).