Lance Zverev após ouro: 'São sentimentos que sequer sei descrever'

Zverev após ouro: 'São sentimentos que sequer sei descrever'

Alemão aproveitou a conquista para dar um recado a seus críticos

Lance
Lance

Lance

Lance

Vencedor da primeira medalha de ouro do tênis masculino de simples pela Alemanha, Alexander Zverev revela que esta é de longe a maior e mais significativa conquista de sua carreira. O alemão ainda deu uma respostas no críticos.

"É uma loucura! Esses são sentimentos que nem consigo descrever. De alguma forma, você joga todos os torneios para si mesmo. Mas aqui eu não joguei um segundo para mim. Joguei pela Alemanha, por todos na Vila Olímpica e que estão em casa", declarou o alemão à equipe do SportChau.de em Tóquio.

Ao L'Equipe, da França, Zverev avaliou sua vitória sobre o sérvio Novak Djokovic na semifinal e a vitória deste domingo: "Meus últimos quatro sets foram bonitos, digamos assim (sorri) . Não, é incomparável. É muito maior do que qualquer outra coisa no esporte, especialmente o tênis. Sim, ganhei o ATP Finals, mas para mim uma medalha de ouro é inestimável. Você não joga apenas para si mesmo, mas para todo o país, para todas as pessoas na Alemanha. É uma sensação incrível. Não há nada mais forte com que eu pudesse sonhar".

Alexander Zverev disse que não quer pensar no US Open e que ainda não sabe como celebrará a conquista da medalha, mas não fugiu a pergunta a respeito de tenistas do top 50 que preferiram não jogar em Tóquio: "Todos os melhores jogadores vieram. O único que não veio é aquele que nem foi para Wimbledon: Rafa [Nadal]. Todo mundo estava aqui, todo mundo jogou. Foi um dos torneios mais difíceis da temporada. Alguns jogadores não compareceram, mas muitos jogadores perdem muitos torneios. Todos os melhores estavam aqui".

O alemão ainda foi questionado sobre o fato de ser criticado pelos analistas de tênis, incluindo ex-tenistas, a respeito de seus resultados e rebateu: "odos os observadores de tênis e ex-jogadores, sempre viram outros caras [da Next Gen] serem melhores do que eu. A questão é que ganhei 16 títulos, 4 Masters 1000, o ATP Finals e a medalha de ouro olímpica. Para que eles possam dizer o que quiserem".

Últimas