Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Zé Ricardo considera que as condições climáticas afetaram o Cruzeiro no empate com o Cuiabá: 'Sentimos o forte calor'

Técnico da Raposa também comenta retorno de Matheus Pereira e caso envolvendo Gilberto

Lance

Lance|Do R7


Lance
Cruzeiro não teve chances claras de gol contra o Cuiabá (Foto: Mauro Horita/Cruzeiro)

O técnico Zé Ricardo atribuiu o empate do Cruzeiro com o Cuiabá ao forte calor na Arena Pantanal. Para o treinador, a equipe sentiu o clima.

- Tivemos um início até bom, mas depois com o decorrer da primeira etapa, caímos um pouco de produção. Sentimos o forte calor de Cuiabá, isso é um ponto a ser observado. Tivemos uma melhora considerável para o segundo tempo - disse Zé Ricardo.

+ A sua carreira no futebol pode começar hoje. Garanta a sua vaga no curso Gestor de Futebol e capacite-se!

+ Confira a classificação do Brasileirão

Publicidade

Zé Ricardo também comentou o retorno de Matheus Pereira. O meia-atacante voltou a entrar em campo após dois meses e dez dias parado, em razão de uma lesão no joelho esquerdo.

- Matheus é um jogador de muita qualidade, realmente. Teve uma lesão séria, ficou parado dois meses e dez dias, se não me engano. A gente está tendo muito cuidado, porque a gente conta muito com ele, assim como todos - pontuou o treinador. E, na sequência, projetou os próximos jogos com Matheus Pereira.

Publicidade

- A gente tinha planejado junto com a preparação física que ele entraria no máximo uns 30 minutos. A gente entendia que, pegando o Cuiabá mais desgastado, ele teria mais espaço, assim como teve. A estratégia deu certo, logicamente que ele indo bem, não sentindo nada, como não sentiu, a gente espera aproveitar mais tempo contra o Flamengo.

Agora, o Cruzeiro volta a entrar em campo somente na quinta-feira (19). A partida, válida pela 27ª rodada do Brasileirão, será contra o Flamengo, às 19h, no Mineirão.

Publicidade

VEJA MAIS RESPOSTAS DE ZÉ RICARDO:

CASO GILBERTO

- Sem dúvida já havia algumas situações antes da gente chegar. A gente tentou reverter algumas coisas. Foi uma decisão em conjunto da direção do clube, por esse afastamento, a comissão técnica participou dessa decisão. Esse caso agora a gente trata de forma interna.

GAROTADA DA BASE

- Agora é poder dar moral para os garotos que estão subindo, e que a gente possa ter nesses garotos soluções no ataque, que são as soluções que a gente precisa. A gente trabalha muito, incansavelmente, temos muita convicção de que podemos melhorar nosso rendimento.

TRABALHO NO CRUZEIRO

- Convicção do trabalho que está sendo feito, o clube está realmente muito imbuído em construir um futuro mais sólido. São etapas, a dor do parto dói, incomoda, mas certamente depois tem as coisas boas que vêm pela frente.

- A gente está no caminho certo, a torcida pode acreditar que o clube está cuidando passo a passo. Depois de tudo que se passou no passado recente, a gente vai dar a volta por cima.

PRÓXIMO DESAFIO

- A vitória era nosso desejo, mas sabemos que o Cuiabá teve vitórias aqui com grandes equipes. Agora é tentar descansar bastante para fazer um bom jogo e tentar vencer dentro do Mineirão.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.