Zagueiro do Goiás fala sobre transição para o profissional em meio a pandemia

Heron havia acabado de ser incluso no elenco de cima e, agora, cuida da parte física por menor impacto quando do retorno dos treinos coletivos

Lance

Lance

Lance

Recém-promovido das categorias de base do Goiás, o zagueiro Heron Crespo realizou o sonho de ter uma oportunidade na equipe de cima.

Com passagem por América e Osvaldo Cruz, o defensor chegou ao Sub-19 do Goiás no início de 2019. Depois de uma sequência de boas atuações, o atleta foi crescendo dentro da equipe goiana onde rapidamente subiu para as categorias de cima até chegar ao profissional.

- Minha transição para o profissional foi muito boa, aos poucos fui recebendo oportunidades e me sentido mais confiante. Cheguei jogando no time Sub-19, depois tive oportunidades no Sub-20 e Sub-23, então quando cheguei ao time de cima estava preparado. Claro que nunca é fácil, mas todos os jogadores e comissão técnica me passaram bastante confiança. Lembro-me do meu primeiro jogo, em agosto de 2019, foi uma emoção inexplicável - contou.

Neste ano, Heron já iniciou a pré-temporada com time principal, e estava recebendo oportunidades nos jogos da Copa Sul-Americana e no Campeonato Goiano. Mas devido à paralisação do futebol no Brasil por conta da Pandemia de COVID-19, o jogador teve seu processo de amadurecimento pausado neste momento.

Entretanto, o atleta não mostrou desânimo e disse estar dedicado a continuar se desenvolvendo como pode:

- Estou treinando em casa e mantendo a preparação física em dia. Estava muito otimista com a temporada deste ano, mas infelizmente tivemos a paralisação de todos os campeonatos e jogos por conta desta pandemia. É uma pena, mas entendemos que neste momento o mais importante e cuidarmos um dos outros até as coisas melhorarem.

O campeonato goiano foi paralisado no meio de março e, até o momento, não existe nenhuma previsão de retorno.