Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Zagueiro do Avaí apostou em cartões de Eduardo Bauermann e cobrou aliciador após esquema não funcionar

Na época jogador do Bahia, atleta tem conversas investigadas pela Operação Penalidade Máxima II

Lance

Lance|Do R7

O zagueiro Vinícius José Ignácio, conhecido como Didi, apostou que Eduardo Bauermann, do Santos, receberia cartões em jogos do Brasileirão do ano passado e cobrou o responsável por aliciar o atleta após o esquema não funcionar. As conversas entre o jogador e o aliciador fazem parte das investigações da Operação Penalidade Máxima II, comandada pelo Ministério Público de Goiás. As informações foram publicadas pelo "ge".

As imagens de uma das trocas de conversas entre o apostador e Didi mostram que o jogador, na época do Bahia e hoje no Avaí, fez uma aposta combinada depois de receber informações do aliciador. O atleta apostou nos cartões amarelos amarelos de Eduardo Bauermann (Santos), Moraes (Juventude), Kevin Lomónaco (Red Bull Bragantino), Dadá Belmonte (Goiás), Paulo Miranda (Juventude) e Igor Cariús (Cuiabá), todos ocorreriam em jogos da 36ª rodada do Brasileirão. No entanto, o zagueiro do Santos não recebeu cartão na partida.

+ Quais jogadores já foram afastados por clubes após investigação sobre manipulaçãoPrimeira conversa do zagueiro Didi com um apostador (Foto: Reprodução)

+ Associação que representa indústria de apostas aponta os caminhos para combater a manipulação

Publicidade

Depois de não cumprir o combinado inicial com o aliciador, Bauermann prometeu que receberia um cartão vermelho na partida contra o Botafogo, na rodada seguinte. O zagueiro até foi punido da forma prevista, mas apenas após o término do jogo, o que não é contabilizado para as casas de aposta. Em outra troca de mensagens, Didi cobra o apostador pelo pagamento de R$250 mil a um terceiro não identificado. O criminoso, então, diz que o defensor do Santos prometeu vender 15% do passe para conseguir pagar o prejuízo. O homem ainda fala que a outra opção é "matar o cara e não receber nada".Segunda conversa do zagueiro Didi com um apostador (Foto: Reprodução)

+ Cupom LANCEFUT com 10% OFF para os fanáticos por esporte em compras acima de R$299,90

Publicidade

Em uma terceira troca de mensagens obtida pela investigação, Didi cobra o apostador novamente. Dessa vez, o aliciador de Bauermann diz que vai colocar o zagueiro "para trampar" no Campeonato Paulista e chama o defensor santista de "macaco".Terceira conversa do zagueiro Didi com um apostador (Foto: Reprodução)

Os jogadores acusados na operação do Ministério Público de Goiás são Eduardo Bauermann, do Santos; Gabriel Tota, do Ypiranga; Victor Ramos, da Chapecoense; Igor Cariús, do Sport; Paulo Miranda, do Náutico; Fernando Neto, do São Bernardo; e Matheus Gomes, do Sergipe. Bruno Lopez, um dos apostadores detido na primeira fase da operação, seria o líder do esquema. Nesta quarta-feira, a Justiça acatou a denúncia do MP-GO e os investigados passaram a ser réus no caso.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.