Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Willian Bigode tem R$ 1,7 milhão apreendido pela justiça de São Paulo

Jogador se envolveu em golpe financeiro contra ex-companheiros de Palmeiras e vive processo judicial

Lance

Lance|Do R7


Lance
William Bigode vive processo judicial com Gustavo Scarpa e Mayke (Foto: Cesar Greco / Palmeiras)

O jogador William Bigode teve R$ 1,7 milhão apreendido pela Justiça de São Paulo nesta segunda-feira em processo que envolve o ex-companheiro de Palmeiras, Mayke. A decisão foi tomada pelo juiz Christhoper Roisin no caso que envolve golpe financeiro pela empresa Xland Holding, onde o atacante era sócio.

O lateral-direito afirmou em depoimento a Justiça, que em razão da amizade com o atacante, foi convencido de investir cerca de R$ 4,6 milhões em uma aplicação de criptomoedas feita pela agência de consultoria. A promessa era que o jogador recuperasse 5% do investimento ao mês.

+ Scarpa x Bigode: empresa que vendeu alexandritas para Xland discorda de avaliação de R$ 2 bilhões

Após um período, o jogador alviverde entrou em contato com a empresa para sacar o investimento, que teria rendido cerca de R$ 3,2 milhões de lucro. No entanto, a Xland Holding não realizou o pagamento. O jogador Gustavo Scarpa foi outra vítima do golpe financeiro aplicado por determinada instituição.

Publicidade

Mayke pede na Justiça o pagamento de de cerca de R$ 7,8 milhões, correspondente a soma do valor investido mais o do lucro de 5% ao mês. O responsável por julgar o caso solicitou a apreensão do valor requisitado pelo lateral das contas de Willian Bigode, mas só foi encontrado R1,7 milhão.

+ Amigos e familiares de Willian Bigode também caíram em golpe, diz portal

Publicidade

O juiz Christhoper Roisin decretou a prisão imediata da quantia. A defesa do atacante ainda pode recorrer da medida estipulada pelo responsável do processo. O atacante declara a Justiça que também sofreu golpe pela empresa e afirma que não participou do contrato.

- Não sou dono nem sócio da Xland, muito menos golpista. Até porque não peguei dinheiro de ninguém - se manifestou Willian Bigode, atualmente no Athletico-PR.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.