Weverton relembra ouro olímpico quatro anos depois: 'É indescritível'

Titular do Palmeiras, goleiro campeão com a Seleção Olímpica festeja data marcante e pênalti defendido na decisão contra a Alemanha, no estádio do Maracanã

Lance

Lance

Lance

O ouro olímpico conquistado pela Seleção Brasileira no Jogos do Rio de Janeiro completa quatro anos nesta quarta-feira (19). Weverton, goleiro titular do time de Rogério Micale, foi um dos responsáveis pelo título na decisão contra a Alemanha, no estádio do Maracanã.

Ele pegou um pênalti na disputa pelo ouro e ajudou o Brasil a vencer pela primeira vez no esporte em edições de Jogos Olímpicos. O arqueiro relembrou a trajetória até o final feliz.

- Relembrar esse título é sempre uma emoção especial, conquistar um título inédito, dentro do nosso país, que nossa torcida merecia tanto, é algo indescritível. Aquela equipe toda estava muito focada e querendo este título, e graças a Deus conseguimos alcançar essa meta. Foram jogos muito difíceis, com uma pressão muito grande, mas o grupo, comissão técnica, torcida e toda estrutura que tínhamos nos deu tranquilidade e força para conquistarmos a medalha – disse Weverton.

O goleiro foi titular nos seis jogos. Foram três vitórias e três empates. Ele levou somente um gol, na final no empate por 1 a 1, e o Brasil terminou com a melhor defesa da competição.

O bom desempenho na Seleção olímpica foi fundamental para que Weverton continuasse na lista de Tite. Ele tem dez convocações desde a chegada do treinador, em 2016, e perde apenas para Alisson e Ederson, com 15 cada.