Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Weverton projeta finais do Paulistão e elogia adversário do Palmeiras

Verdão enfrenta o Água Santa no domingo (2), às 16h, na Arena Barueri

Lance|

Lance
Lance Lance

Na manhã desta quarta-feira (29), o Palmeiras realizou mais um treino seguindo a preparação para as finais do Campeonato Paulista, diante do Água Santa. A partida de ida acontece neste domingo (2), às 16h, na Arena Barueri. O goleiro Weverton comentou sobre a preparação da equipe para os confrontos e elogiou o adversário do Verdão.

> Palmeiras quer mais um reforço para 'fechar ciclo' e pode insistir em volante do Atlético-MG

Weverton foi titular na derrota da Seleção Brasileira no amistoso contra Marrocos no último sábado (25). Além do retorno do zagueiro Gustavo Gómez, foi o primeiro treinamento de Richard Ríos com o elenco palmeirense.

- Ninguém chega a uma final por acaso, por sorte. O Água Santa tem méritos, tem grandes jogadores, é uma boa equipe e tem um excelente treinador. A gente sabe que terá dificuldades como em qualquer decisão e estamos nos preparando para isso no dia a dia. Será uma grande final, com dois jogos muito difíceis, e ninguém ganha decisão antes de jogar. Nosso objetivo é buscar mais uma taça e estamos aqui todos os dias pagando esse preço para que no domingo possamos dar início a essa decisão de uma forma positiva - disse o goleiro.

Continua após a publicidade

- A preparação tem sido muito boa, muito intensa e de muito trabalho. São dias importantes porque, de fato, será difícil termos novamente 15 dias de intervalo de um jogo para o outro e é tempo de recuperar física e mentalmente, aperfeiçoar aquilo que precisamos melhorar e trabalhar coisas novas que o Abel planeja para a temporada. Os meses de abril e maio serão de oito ou nove jogos, então a força do grupo será muito importante. O Abel vem frisando isso desde o começo do ano. Vamos precisar de todo o elenco e, quando se trabalha com foco, todo mundo fica pronto para o que vier pela frente.

O camisa 21 é o jogador com mais finais disputadas na história do Palmeiras (11, ao lado de Gustavo Gómez, Raphael Veiga, Rony e do ex-meio-campista Zinho) e o goleiro com mais títulos pelo clube (nove, ao lado de Oberdan Cattani).

Continua após a publicidade

> Torcida do Palmeiras será maioria na Arena Barueri na final do Paulistão contra o Água Santa

Além disso, Weverton falou sobre a mentalidade da equipe palmeirense, destacando o trabalho do técnico Abel Ferreira e também as responsabilidades dos jogadores mais experientes, que devem 'segurar' a pressão para ajudar no desempenho dos mais jovens.

Continua após a publicidade

- Quando você mantém uma estrutura vencedora, de jogadores que se orgulham do que estamos construindo, faz a gente continuar pagando o preço para continuarmos vencendo. Quanto mais vai passando o tempo, os adversários vão nos conhecendo mais e vamos virando alvo deles. Isso torna cada vez mais difícil a nossa missão. A gente tem um excelente treinador, que vai se reinventando, mudando o jeito de jogar e fazendo coisas diferentes. E o mais legal de tudo é que o grupo abraça e entende. Ninguém constrói o que temos sem trabalho, sem renúncias e sacrifícios.

- Uma das frases do Abel é fazer o que for preciso para o Palmeiras vencer e não o que a gente quer. Temos feito isso, temos colocado sempre o nós à frente do eu. Acho que isso se reflete dentro de campo e, mantendo essa espinha dorsal, nos traz tranquilidade, principalmente para a garotada que está subindo e buscando o seu espaço. Esse é um dos segredos do Palmeiras: nós, os experientes, não temos vergonha de sermos os carregadores de piano, os caras que têm de suportar as pressões para os moleques poderem só desempenhar o bom futebol deles. Aqui não temos vaidade - finalizou Weverton.

O Palestra, nesta quarta (29), conheceu o seu adversário da terceira fase da Copa do Brasil: o Tombense, de Minas Gerais. O Alviverde mandará o jogo de ida no Allianz Parque e jogará a volta em Tombos. Ainda serão definidas as datas e os horários. Sabe-se, porém, que as partidas serão realizadas em abril, nas semanas do dia 12 (ida) e 26 (volta).

Treino Palmeiras
Treino Palmeiras Treino Palmeiras

Jogadores do Palmeiras durante treinamento na Academia de Futebol. (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Em busca de se tornar o primeiro tetracampeão brasileiro da competição continental, Nesta semana o Verdão também conheceu seus adversários da fase de grupos da Libertadores: Barcelona (EQU), Bolívar (BOL) e Cerro Porteño (PAR).

Palmeiras e Água Santa já se enfrentaram nesta temporada na fase de grupos. Na ocasião, o Alviverde derrotou o time de Diadema por 1 a 0, com gol marcado por Rony. Na história, a única vitória do Água Santa diante do Alviverde foi em 2016 pelo placar elástico de 4 a 1. O jogo marcou uma das goleadas mais icônicas da história recente do clube.

Como teve melhor campanha, o Palmeiras irá decidir o título do Paulistão em casa em busca do bicampeonato estadual e do seu segundo título em 2023. O primeiro foi o da Supercopa do Brasil contra o Flamengo.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.