Wendel comemora convocação: 'Representar meu país nas olimpíadas é um grande objetivo'

Após não ser liberado pelo Sporting para jogar o pré-olímpico, na Colômbia, volante retorna à seleção sub-23 de André Jardine para amistosos com adversários ainda indefinidos 

Lance

Lance

Lance

Após não ter sido liberado pelo Sporting-POR para participar do pré-olímpico na Colômbia, no início do ano, o volante Wendel comemorou a possibilidade de retornar à seleção sub-23. O atleta, de 22 anos, foi convocado pelo técnico André Jardine na manhã desta sexta para os amistosos que antecedem os jogos, em março (Data Fifa). Devido ao surto de coronavírus, os rivais dos confrontos ainda não foram definidos.

Antes do pré-olímpico, o atleta chegou a carregar a braçadeira de capitão durante os amistosos da equipe sub-23 e pretende mostrar serviço para se consolidar no grupo que disputará os Jogos de Tóquio.

- Sempre deixei claro que representar meu país nas olimpíadas é um grande objetivo meu. Gostaria de ter ido para o pré-olímpico, mas respeito o planejamento do clube, e ter ficado com o Sporting também foi importante porque era um momento mais turbulento e consegui dar uma boa resposta em campo. Só vou ser lembrado para a seleção se estiver bem no clube – disse o volante que, em seguida, completou.

- Estou em uma boa fase, bem preparado e muito confiante, sei que posso ajudar a seleção e fico feliz com a confiança do professor Jardine. Temos que nos preparar sabendo que nos Jogos Olímpicos não teremos margem para erros – destacou Wendel, que tem onze jogos e um gol marcado pela Seleção Brasileira sub-23.

Desde que chegou à Portugal, Wendel fez 66 jogos e cinco gols com a camisa do Sporting. Os Leões Verde e Brancos ocupam atualmente o quarto lugar do Campeonato Português com 39 pontos em 23 jogos. Em 2020, o volante jogou em onze dos doze jogos do clube.