Lance Wagner faz dois, e Juventude vence Bragantino de virada pelo Brasileirão

Wagner faz dois, e Juventude vence Bragantino de virada pelo Brasileirão

Meia entrou na segunda etapa e fez os dois gols gaúchos na partida 

Lance
Lance

Lance

Lance

Neste sábado (14), Bragantino e Juventude ficaram encarregados de abrirem a 16ª rodada do Brasileirão Série A. Os donos da casa foram com uma equipe bem modificada, com diversos reservas preservando para o duelo da Copa Sul-Americana. Nem aí para o isso, o Juventude conseguiu a virada no Nabizão, com dois gols de Wagner e sacramentou a vitória. O gol mandante foi de Helinho.


Com o resultado, o time gaúcho subiu para a 10ª colocação da Série A, com 19 pontos. A equipe entra em campo no próximo sábado (21), em casa, às 21h para duelar contra o Fortaleza. Enquanto isso, o Massa Bruta estaciona no 3º lugar, com 31. No meio de semana recebe o Rosário Central, em Bragança Paulista, e busca manter a vantagem de 4 x 3 que conquistou na ida.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

Bragantino dono do 1º tempo e Helinho iluminado

Logo no início de jogo, o Juventude chegou com muito perigo com Paulinho Bóia. O jogador tentou o lançamento, a zaga tirou, mas ele pegou o rebote, avançou e finalizou para grande defesa de Júlio César. Logo depois, o Bragantino tentou sair para o jogo, mas a defesa dos gaúchos estava se portando bem e pressionando a saída de bola.

Até que aos 8 minutos, A defesa falhou na saída de bola com Rafael Forster, Helinho aproveitou para bater de fora da área, no canto do goleiro Carné e abriu o placar para os mandantes. Logo depois, do gol, a partida virou a chave, com o Bragantino tomando o controle e o Juve tendo dificuldades.

Em jogada atabalhoada, Capixaba aproveitou e tentou o empate. Logo depois, Bóia apareceu na esquerda, cortou para o meio e bateu com perigo. A resposta paulista surgiu com Weverton, que finalizou torto.

Juventude melhora e leva perigo

Assim como no início do jogo, na volta do intervalo, o Juventude teve a primeira boa oportunidade. Chico tabelou com Wagner (ambos entraram no intervalo), chegou na área e finalizou para defesa de Júlio César. Paulinho Bóia tentou jogada individual, arrematou e a bola ficou na marcação.

Aos 20', o zagueiro Haydar, do Massa Bruta escorregou, Ricardo Bueno roubou a bola, invadiu a área e soltou a bomba para Júlio César espalmar. Mais tarde, Bóia dominou dentro da área e ficou cara a cara com Júlio César. O goleiro conseguiu se recuperar e evitou uma bela oportunidade do Juventude.

Gol de empate

Sem conseguir atacar, o Bragantino fez uma bela jogada com Rafael Luz, que cruzou para Alerrandro, mas o atacante cabeceou por cima do gol.

Aos 28', o Juventude cobrou falta lateral rapidamente, Marcos Vinicios cruzou na área, a zaga do Braga deu bobeira, Wagner aproveitou o rebote e fez o gol de empate.

Olha a virada

Aos 33', novamente Wagner apareceu para marcar. Novamente a defesa do Bragantino bateu cabeça, Bóia pressionou, a bola ficou com Wagner que mandou para as redes com gol vazio.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA
BRAGANTINO 1 x 0 JUVENTUDE
Local: Estádio Nabizão, Bragança Paulista-SP
Data/horário: 14 de agosto de 2021, às 17h (horário de Brasília)
Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL)
Assistente 1: Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL)
Assistente 2: Brigida Cirilo Ferreira (AL)
Quarto árbitro: Salim Fende Chavez (SP)
VAR: Heber Roberto Lopes (SC)
​Gols: Helinho (8'/1T) (1-0)
Cartões amarelos: Leandrinho, Helinho, Jadsom Silva, Hurtado (Bragantino), Wagner, Rafael Forster, Guilherme Castilho, Chico (Juventude)

BRAGANTINO: Julio Cesar; Weverton (Rafael Luz 25'/2T), Realpe (Fabricio Bruno - Intervalo), Haydar e Weverson; Jadsom (Bruninho 41'/2T), Eric Ramires e Pedrinho (Hurtado 17'/2T); Helinho, Leandrinho (Gabriel Novaes 17'/2T) e Alerrandro. Técnico: Mauricio Barbieri.

JUVENTUDE: Carné; Michel Macedo, Vitor Mendes, R. Forster e W. Matheus; Dawhan (Marcos Vinicius 23'/2T), Matheus Jesus (Guilherme Castilho 22'/2T) e Wescley (Wagner - Intervalo); Paulinho Boia (Ricardinho 40'/2T), Capixaba (Chico - Intervalo) e Ricardo Bueno. Técnico: Marquinhos Santos.

Últimas