Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Você conhece todos? Saiba quem são os jogadores sub-17 do Palmeiras que formam a chamada 'Geração do Bilhão'

Categoria conquistou a Copa do Brasil no domingo (18) e abriga as principais joias da base do Verdão

Lance

Lance|Do R7


Lance
A equipe sub-17 do Palmeiras conquistou o bicampeonato da Copa do Brasil (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)

A vitoriosa base do Palmeiras conquistou mais um título no último final de semana. No domingo (18), após derrotar o Athletico por 4 a 1, o Verdão foi campeão da Copa do Brasil sub-17. Com a grande reformulação das categorias de base nos últimos anos, o Alviverde conta com várias Crias de Academia que formam a chamada 'Geração do Bilhão', criando altas expectativas em relação ao retorno financeiro que podem gerar aos cofres palestrinos em um futuro próximo. Mas quais jovens jogadores fazem parte dessa geração?

+ Mais um! Palmeiras bate o Athletico-PR e é campeão da Copa do Brasil sub-17

Além de Endrick e Luís Guilherme, que já atuam pela equipe profissional, as três promessas que completam o 'quinteto bilionário' são: Estêvão, Fellipe Jack e Thalys. Figueiredo, Vitor Reis e Luighi também são destaques da multicampeã categoria sub-17 do Verdão que conquistou o bicampeonato da Copa do Brasil. O próprio coordenador da base alviverde, João Paulo Sampaio, valorizou o potencial financeiro dos jovens.

- Se não fizer no mínimo 200 milhões de euros nestes canhotos da categoria sub-17 pode mandar embora porque somos incompetentes - disse João Paulo ao GE.

Publicidade

Endrick já está vendido ao Real Madrid por 72 milhões de euros (cerca de 376 milhões de reais), mas só se juntará aos espanhóis em julho de 2024, quando completa 18 anos. Já Luís Guilherme, que também vem recebendo oportunidades na equipe principal com o técnico Abel Ferreira, tem uma multa rescisória fixada em 60 milhões de euros (cerca de 313 milhões de reais).

+ Vai repetir? Veja probabilidade de título do Palmeiras no Brasileirão 2023

Publicidade

Em relação aos demais jogadores da 'Geração do Bilhão', Estêvão é o mais conhecido da torcida palestrina. Com 16 anos, assim como Endrick, o meia-atacante chegou ao Palmeiras em 2021 e assinou o seu primeiro contrato profissional com o Verdão em abril deste ano.

Desde que chegou, sempre chamou atenção por ser um jogador muito técnico, o que despertou o interesse de grandes clubes como o Paris Saint-Germain, que ofereceu 40 milhões de euros (cerca de 222 milhões de reais) no fim do ano passado, proposta que foi recusada pelo Alviverde - o valor definido pelo Verdão é de 50 milhões de euros (cerca de 261 milhões de reais).Estêvão assinou seu primeiro contrato profissional com o Verdão em abril (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Publicidade

O zagueiro Fellipe Jack está no Palmeiras desde 2016. Com passagem pela Seleção Brasileira sub-17, o jovem disputa sua última temporada pela categoria, já que no ano que vem deve jogar a Copinha e integrar a equipe sub-20 do Alviverde. Fellipe é multicampeão na base alviverde, tendo 11 conquistas até aqui: quatro títulos do Campeonato Paulista (sub-11, sub-13, sub-15 e sub-17) e dois da Copa do Brasil (sub-17).

Já estando na categoria sub-20 por ter estourado o limite de idade, Thalys é o último que compõe a 'Geração do Bilhão'. Hoje com 18 anos, o meia chegou ao Palmeiras em 2021 e marcou em quase todas as partidas na campanha do título da Copa do Brasil sub-17 na temporada passada, sendo o artilheiro da equipe na competição. No ano passado, o jornal AS, da Espanha, chegou a defini-lo como “máquina de fazer gols”, além de ter destacado o seu físico superior em relação a rivais.

Além deles, outras três Crias da Academia sub-17 podem gerar cifras milionárias ao Verdão. O meia Figueiredo, nascido em 2006, assinou seu primeiro contrato profissional no ano passado. Visto como uma futura figura de liderança, o jovem acabou rompendo o ligamento cruzado anterior do joelho direito, o que o afastou dos gramados por quase nove meses. Figueiredo retornou justamente na final da Copa do Brasil no domingo (18). Com multa rescisória fixada em 60 milhões de euros (cerca de 313 milhões de reais), o meia espera dar a volta por cima torcendo por uma oportunidade no Mundial da categoria, que acontece no fim deste ano.

Um dos pilares da time sub-17 do Verdão é Vitor Reis. Capitão alviverde e da Seleção da categoria, o zagueiro de 17 anos, que chegou ao clube em 2016, assinou seu primeiro contrato profissional no fim da temporada passada. Com multa rescisória para equipes do exterior fixada em 100 milhões de euros (cerca de 550 milhões de reais), Vitor coleciona convocações para defender a Amarelinha e conquistou a Tríplice Coroa pelo sub-17 palmeirense em 2022. Além disso, foi campeão do Sul-Americano da categoria pelo Brasil neste ano.Vitor Reis foi campeão do Sul-Americano sub-17 deste ano com a Seleção Brasileira (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

No clube desde 2015, o centroavante Luighi foi o artilheiro do Palmeiras na Copa do Brasil sub-17 com nove gols marcados em oito jogos, se tornando o jogador com maior número de gols em uma única edição da competição - superou Endrick que fez oito gols em seis jogos em 2022. Com 13 títulos conquistados, o jovem assinou seu primeiro contrato profissional no início deste ano e também é considerado uma grande promessa.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.