Lance Vítor Pereira anuncia esquema de rodízio no Corinthians: 'Única forma'

Vítor Pereira anuncia esquema de rodízio no Corinthians: 'Única forma'

Treinador acredita que um só time não consegue render jogando todos as partidas de alto nível em um curto espaço de tempo

Lance
Lance

Lance

Lance

Em meio a intensa maratona de jogos, o técnico Vítor Pereira optou por iniciar um esquema de rodízios no Corinthians.

A medida foi anunciada pelo próprio treinador em entrevista coletiva após a vitória por 3 a 1 sobre o Botafogo, no Rio de Janeiro, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro, no último domingo (15).

> GALERIA - Veja todos os técnicos estrangeiros da história corintiana
> TABELA - Confira e simule os jogos do Corinthians no Brasileirão
> GUIA DO BRASILEIRÃO - Tudo sobre o Corinthians nesta edição do Nacional

- De fato, o único caminho que vejo para podermos manter a nossa equipe competitiva é fazendo essa gestão. Não é possível jogar hoje com uma equipe e quarta-feira com a mesma equipe. Iríamos condenar o próximo jogo, uma partida fundamental para nós na Libertadores – disse o técnico português.

E o movimento já iniciou contra o Bota, quando VP promoveu cinco mudanças em relação ao time que estreou na Libertadores na última terça-feira (5) perdendo para o Always Ready, na Bolívia.

A ausência mais destacada foi de Renato Augusto, principal jogador corintiano, que ficou apenas no banco de reservas, mas como o jogo se encaminhou de forma tranquila para o Corinthians, que abriu 3 a 0 ainda no primeiro tempo, o meia nem entrou no decorrer do jogo e foi preservado para o duelo contra o Deportivo Cali, da Colômbia, nesta quarta-feira (13), na Neo Química Arena.

- A gestão do Renato, conversamos os dois, ele é um líder natural e se tivesse como iria ao jogo. O Renato mescla a juventude e experiência ao time, conversamos um bocadinho e decidimos que se fosse necessário ele iria a campo. Não vimos essa necessidade, mas ele está bem. Deve chegar limpo, zerado na quarta-feira – explicou Vítor.

O treinador corintiano entendeu a necessidade revezar os seus atletas principalmente ao ver o desgaste do elenco após a derrota na semifinal do Paulistão, contra o São Paulo.

- De fato, os dois últimos jogos foram difíceis. Jogamos a semifinal com o São Paulo completamente desgastados, chegamos a conclusão de que é impossível responder de forma competitiva a tantos jogos competitivos. A partir de hoje vamos fazer assim, é a única forma, não vejo outra de manter o nível competitivo. Teremos a possibilidade de discutir os jogos e espero que nossa torcida esteja conosco – comentou Pereira.

Contra os colombianos do Deportivo Cali, nesta quarta-feira (13), o Corinthians precisa muito da vitória, já que, além de não ter pontuado na estreia da Libertadores, viu os verdeblancos venceram o Boca Júniors, da Argentina, em casa na primeira rodada do grupo E.

- Estamos cientes da importância do jogo, sabemos que tem que ser um jogo para ganhar, para deixarmos tudo em campo. Em termos de pontuação é fundamental para voltarmos à luta pela classificação. Estamos confiantes nisto e já começamos hoje a pensar nesse jogo. É um aprendizado – disse Vítor Pereira.

O Corinthians tem mais cinco partidas no Brasileirão neste mês de abril. Além do Deportivo Cali, neste meio de semana, o Timão enfrenta a Portuguesa do Rio de Janeiro, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil, em Londrina/PR, na semana do dia 19, o Boca Júniors/ARG, pela Libertadores, no dia 26, e Avaí e Palmeiras, nos dias 16 e 23, respectivamente, pelo Campeonato Brasileiro.

Últimas