Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Vice-presidente do Monsoon e ex-atleta, Da Silva afirma: 'O grupo sabe que não ganhamos nada'

Com passagens pela dupla Gre-Nal, dirigente não se ilude com classificação antecipada na Série A-2 do Gauchão

Lance|

Lance
Lance Lance

Melhor equipe da fase de classificação da Série A-2 do Gauchão, o Monsoon-FC está garantido na etapa eliminatória da competição. Esse fato, porém, não tira o foco da equipe do Parque Lami. Ex-jogador da dupla Gre-nal e vice-presidente do Trovão da Zona Sul, Jurandir ou simplesmente Da Silva, revelou qual o sentimento geral do grupo comandado pelo técnico Márcio Ebert.

- O nosso time está muito seguro do que é preciso fazer. É claro que precisamos enaltecer o trabalho de todos: funcionários, grupo de jogadores e comissão técnica. Mas sabemos que não ganhamos nada. Estamos disputando a Série A-2 pela primeira vez e todo cuidado é pouco. Já passei por algumas situações semelhantes na minha época de atleta e, assim como todos os membros da comissão técnica, tento passar isso ao grupo - disse.

Da Silva chegou ao Internacional em 2003, em uma negociação que envolveu Cleiton Xavier e outros jogadores do CSA. No ano seguinte partiu para defender o Grêmio e permaneceu no clube por um ano.

+ Monsoon-FC sobra, vence quarta seguida e segue soberano na Série A-2 do Gauchão

Antes disso, Da Silva defendeu equipes como Gama-DF, Fast Clube e Tupi-RS. Este último clube, inclusive, será o próximo adversário do Monsoon. Com 26 pontos na tabela de classificação, o Trovão da Zona Sul visitará a equipe terceira colocada do Grupo A, com 14 pontos. O jogo será disputado no domingo, no estádio Municipal Rubro Negro.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.