Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Veiga decide com golaço, e Palmeiras vence o Vasco pelo Brasileirão

Meia anotou um lindo gol batendo falta no segundo tempo e deu a vitória ao Verdão, que ainda sonha com o campeonato

Lance|

Lance
Lance Lance

O Palmeiras venceu o Vasco por 1 a 0, neste domingo (27), no Allianz Parque, pela 21ª rodada do Brasileirão. O gol da vitória palmeirense foi marcado por Raphael Veiga, mas não foi um gol qualquer, foi um golaço, de falta, já no segundo tempo. Os vascaínos até chegaram a abrir o placar, mas o VAR apontou impedimento. A nota negativa foi a lesão de Dudu, que preocupou os torcedores alviverdes.

+ Veja tabela e classificação do Brasileirão-2023 clicando aqui

Com o resultado, o Verdão segue na perseguição ao Botafogo e vai a 40 pontos na tabela, 11 atrás do líder. Já o Cruz-Maltino segue na zona de rebaixamento com 16 pontos, na 18ª posição.

+ Copo Stanley a partir de R$120,00. Bebida gelada nos 90' de jogo do Verdão!

Publicidade

CINCO LANCES QUE MARCARAM O DUELO

> VASCO MARCA, VAR ANULA! Apesar de o Palmeiras ter começado melhor, foi o Vasco ameaçou mais no primeiro tempo. Depois de uma saída errada de Weverton, Paulinho emendou um belo chute de fora da área e supero o goleiro alviverde marcando um golaço. No entanto, o VAR detectou um impedimento no início da jogada e anulou o tento vascaíno

Publicidade

> DUDU SENTE, E O ESTÁDIO TAMBÉM! Já no fim do primeiro tempo, em um lance despretensioso, Dudu acabou sentindo o joelho direito na beira do campo. O camisa 7 ainda tentou voltar, mas logo pediu para sair deixando todos os palmeirenses preocupados no Allianz Parque. A torcida e os jogadores, inclusive, sentiram o baque.

> GOLAÇO! Pouco depois de Artur perder uma chance inacreditável na pequena área, Breno Lopes sofreu falta em uma ótima posição. Em grande fase, Veiga assumiu a responsabilidade e bateu no ângulo contrário do goleiro Léo Jardim. Um golaço para abrir o placar no Allianz.

Publicidade

>AGORA NÃO, ENDRICK! Antes de Raphael Veiga marcar o golaço para abrir o placar, Abel Ferreira havia preparado para as entradas de Endrick e Fabinho. No entanto, com a bola na rede, o técnico desistiu das alterações, e quando foi mexer, optou por Marcos Rocha no lugar de Artur.

>SEQUÊNCIA DE GOLS PERDIDOS! No fim do jogo, quando o Vasco precisava avançar para tentar o empate, sobrou espaço para o Palmeiras, mas a equipe de Abel Ferreira cansou de perder gols.

PRIMEIRO TEMPO

O Palmeiras começou com um volume de jogo muito intenso, chegando por todos os lados da defesa do Vasco. No entanto, não conseguiu ter grandes chances de gol e não abriu o placar. Enquanto isso, o Cruz-Maltino cresceu na partida, criou oportunidades e até marcou um bonito gol, que foi anulado pelo VAR. Com o ímpeto palmeirense neutralizado, os vascaínos passaram a administrar a partida. O Verdão ainda chegou com perigo, mas Ríos perdeu o gol. Por fim, Dudu saiu machucado e deixou toda a atmosfera alviverde preocupada.

SEGUNDO TEMPO

Depois do baque com o problema de Dudu, o segundo tempo voltou morno e sem muita participação ofensiva do Vasco, que apenas tentou evitar os perigos de um Palmeiras pouco inspirado. Depois de Artur perder um gol inacreditável, foi a vez de Raphael Veiga ter a oportunidade de resolver. Em uma linda cobrança de falta, o meia marcou um golaço e abriu o placar no Allianz Parque. Com o Cruz-Maltino sem oferecer muitos problemas, o Alviverde ainda teve chances em contra-ataques, mas desperdiçou todas elas.

O QUE VEM POR AÍ

O Palmeiras agora foca suas atenções na Libertadores, torneio no qual enfrenta o Deportivo Pereira, nesta quarta-feira (30), pela volta das quartas de final. O Verdão pode perder por até três gols de diferença, que ainda assim estará garantido na semifinal. Pelo Brasileirão, o próximo compromisso é no domingo (3), contra o Corinthians, na Neo Química Arena. Já o Vasco disputa apenas o campeonato nacional e volta a campo também no domingo (3), mas contra o Bahia, fora de casa.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 1 x 0 VASCO

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)

Data e hora: 27/8/2023, às 18h30 (de Brasília)

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa/GO)

Assistentes: Victor Hugo Imazu dos Santos (PR) e Leone Carvalho Rocha (GO)

VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (VAR-Fifa/MG)

Público e renda: 40.292 pagantes/R$ 2.558.309,65

Cartões amarelos: Luan e Richard Ríos (PAL) Zé Gabriel e Robson Bambu (VAS)

Cartões vermelhos: -

Gols: Raphael Veiga (19'/2ºT) (1-0)

PALMEIRAS: Weverton; Mayke, Gustavo Gómez, Murilo e Piquerez; Richard Ríos (Fabinho, aos 26'/2ºT), Gabriel Menino (Luan, aos 49'/2ºT) e Raphael Veiga; Artur (Marcos Rocha, aos 26'/2ºT), Dudu (Breno Lopes, aos 42'/1ºT) e Rony (Flaco López, 49'/2ºT). Técnico: Abel Ferreira.

VASCO: Léo Jardim; Robson Bambu (Puma Rodríguez, aos 42'/2ºT), Medel, Maicon e Lucas Piton; Zé Gabriel, Praxedes (Ferreira, aos 42'/2ºT) e Paulinho; Serginho (Alex Teixeira, aos 22'/2ºT), Gabriel Pec (Orellano, aos 22'/2ºT) e Vegetti. Técnico: Ramón Díaz.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.