Lance Vegetti vive maior seca de gols pelo Vasco, mas tem motivação extra para encerrar jejum diante do Nova Iguaçu

Vegetti vive maior seca de gols pelo Vasco, mas tem motivação extra para encerrar jejum diante do Nova Iguaçu

Atacante está há cinco jogos sem marcar. O último foi na derrota para o Corinthians, em novembro de 2023

Lance
  • Lance | por Lance

Lance

Lance

Lance

O atacante Pablo Vegetti vive o seu maior jejum de gols pelo Vasco desde que estreou, em agosto do ano passado. O camisa 99 está há cinco jogos sem marcar. O último foi na derrota para o Corinthians, por 4 a 2, em São Januário, no dia 28 de novembro do ano passado. Depois passou em branco contra Grêmio, Red Bull Bragantino (ambos em 2023), San Lorenzo, Deportivo Maldonado e Bangu.

Nesta quinta-feira (31), no jogo do Vasco contra o Nova Iguaçu, em Uberlândia, válido pela 5ª rodada do Carioca, Vegetti pode acabar com a seca de gols e motivação é o que não falta ao atacante. Depois de uma negociação arrastada, o argentino entrou em acordo com o Cruz-Maltino e terá um reajuste em seu contrato. A informação foi publicada primeiro pelo "ge" e confirmada pelo Lance!.

Vegetti cobrava uma valorização por parte do Vasco devido ao seu desempenho no ano passado. O atacante foi um dos principais responsáveis pela permanência do Cruz-Maltino na Série A, ao marcar 10 gols em 21 rodadas. A principal argumentação por um novo contrato foi de que o argentino é uma das principais referências do elenco e mesmo sendo titular absoluto, recebe um salário inferior a muitos jogadores, inclusive reservas.

➡️Atrás apenas de craques, Vegetti alcança marca expressiva pelo Vasco em Brasileirões de pontos corridos

O Vasco aceitou a solicitação de Vegetti, que além de receber um aumento salarial, também terá o contrato renovado até o final de 2025. O vínculo, que ainda está valendo, termina em julho do ano que vem. Existe ainda uma cláusula que prevê uma renovação automática até o final de 2026, caso o argentino participe de 60% dos jogos (até 45 minutos) do time em 2025.

O atacante estava na mira do Cerro Porteño, do Paraguai, e do Grêmio, mas nem ouviu as propostas dos interessados, já que o foco de Vegetti sempre esteve em permanecer no Vasco. Os dois clubes estavam dispostos a pagar a multa rescisória, mas nem chegaram a abrir negociações com o Vasco.

Últimas