Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Vasco terá semana de preparação para voltar a jogar com torcida em São Januário

Cruzmaltino vem embalado após a vitória de 4 a 2 contra o Fluminense

Lance

Lance|Do R7

Lance
Lance Lance

Após a vitória por 4 a 2 no clássico contra o Fluminense, o elenco do Vasco folgou neste domingo (17) para começar a preparação do próximo jogo no dia seguinte. O cruzmaltino encara o Coritiba, na quinta-feira (21), às 19h, em São Januário, partida que marca a volta da torcida para a Colina Histórica.

+ Já pensou em ser um gestor de futebol? Participe da nossa Masterclass com Felipe Ximenes e descubra oportunidades

No último jogo com público em São Januário, o Vasco saiu derrotado para o Goiás por 1 a 0, o que gerou revolta da torcida que protestou e vandalizou o estádio. Naquele momento, o Vasco amargava a 19ª colocação, com apenas uma vitória em 11 rodadas, sem contar o desempenho do time, que duas rodadas antes havia sido goleado por 4 a 1 pelo maior rival, o Flamengo.

+ ATUAÇÕES: Gabriel Pec decide e recebe maior nota do Vasco em clássico contra o Fluminense

Publicidade

A partida deu ponto final para a passagem do técnico Maurício Barbieri, que já vinha sendo contestado pela torcida vascaína. O Vasco foi comandado pelo treinador do sub-20, William Batista, que teve três jogos no comando do clube, com uma vitória e duas derrotas. Na lanterna do campeonato e jogando em sua casa com portões fechados, o cruzmaltino foi atrás de Ramón Díaz, técnico argentino de muita experiência.

+ Praxedes, do Vasco, mostra ansiedade para jogar em São Januário com público: ‘Algo especial’

Publicidade

Em seus primeiros jogos, Ramón comandou o time apenas em partidas com portões fechados, na derrota para o Athletico Paranaense e para o Corinthians (jogo na Neo Química Arena, clube paulista estava punido), e também na vitória contra o Grêmio em São Januário. O primeiro contato do técnico argentino com a torcida do Vasco foi na vitória contra o Atlético Mineiro, no Maracanã. São Januário seguia interditado e uma mobilização foi feita pela torcida para que o clube voltasse a jogar no estádio.

+ ANÁLISE: Vasco de Ramón Díaz tem nome, sobrenome e personalidade de time com fome de vencer

Publicidade

O clube aderiu ao movimento da torcida e começou a pressionar os órgãos públicos para que liberassem a casa do Vasco, inclusive o próprio Ramón Díaz clamava pela volta da torcida na Colina Histórica nas coletivas de imprensa. Agora com o estádio liberado, o técnico argentino terá seu primeiro jogo com torcida em São Januário depois de dois meses no clube.

Na coletiva pós-jogo contra o Fluminense, Ramón fez um pedido para que a torcida do Vasco não cometa exageros e evitar uma nova interdição do estádio que será importantíssimo para a retomada do clube no Campeonato Brasileiro.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.