Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Vasco recebe resposta do Governo sobre Maracanã e prepara estratégia para tomar medidas

Prazo do Termo de Permissão concedido à dupla Fla-Flu se encerra no final de abril

Lance

Lance|Do R7

Lance
Lance Lance

O Governo do Estado do Rio de Janeiro respondeu os questionamentos feitos pelo Vasco no início do mês. No documento, o Cruz-Maltino enviou sete perguntas sobre a atual cessão para Flamengo e Fluminense.

+ Vasco ganha mais argumentos na disputa pela administração do Maracanã

O Governo foi categórico e afirmou que os questionamentos estão sendo discutidos no Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ). A informação foi publicada primeiramente pelo "ge" e confirmada pelo LANCE!.

- Todas as questões relativas ao processo de concessão onerosa do Complexo Maracanã estão sendo discutidas e tratadas no âmbito do Processo TCE/RJ. Nesse contexto, cabe a todo e qualquer interessado no processo acompanhar o trâmite e aguardar decisão meritória a ser proferida pela Corte de Contas - disse o Governo.

Publicidade

Segundo informações apuradas pelo LANCE!, o Vasco não vai se posicionar no momento sobre o assunto. Mas internamente, o clube já prepara uma estratégia para tomar as medidas cabíveis. Isso porque o prazo do "Termo de Permissão de Uso em Caráter Precário" se encerra no final de abril.

Na última sexta-feira, o L! noticiou que o Vasco esperava que a resposta do Governo do Rio não fosse satisfatória - relembre aqui.

Publicidade

RELEMBRE AS PERGUNTAS FEITAS AO GOVERNO DO RIO PELO VASCO:

- Por qual motivo nenhum outro interessado (seja ele clube de futebol ou não) é devidamente considerado, ouvido ou beneficiado por semelhante TPU?

Publicidade

- Por quais razões as seguidas renovações em favor de apenas Flamengo e Fluminense (que, por mera coincidência, são dois dos maiores rivais desportivos do Vasco da Gama), por quatro anos (de 2019 a 2022), são concedidas sem justificativas públicas satisfatórias para outros eventuais interessados e sob caráter emergencial?

- Qual a justificativa para que após o primeiro Chamamento Público de interessados no TPU do Complexo Maracanã, publicado no Diário Oficial do Estado em abril/2019, nenhum outro Chamamento Público tenha sido lançado para as 6 (seis) renovações subsequentes?

- Por quais motivos, até o presente momento, a Secretaria da Casa Civil não cumpriu todos os requisitos necessários exigidos pelo TCE/RJ para que fosse levantada a suspensão imposta ao procedimento licitatório do Edital de Concorrência Pública 002/2022?

- Quais as justificativas para o atraso de mais de 4 (quatro) meses na tomada de soluções definitivas com o objetivo de reabrir o procedimento licitatório e dar fim à utilização precária, por meio de TPU, do Complexo do Maracanã?

- Qual a previsão para que sejam cumpridos todos os requisitos em tempo hábil a fim de evitar as seguidas - e injustificadas - renovações do TPU?

- A Secretaria da Cada Civil trabalha com a possibilidade de retornar a operação e administração do Complexo Maracanã para a SUDERJ, temporariamente, até que a Concorrência Pública seja concluída?

Cláudio Castro e dirigentes
Cláudio Castro e dirigentes Cláudio Castro e dirigentes

Governador Cláudio Castro em reunião com dirigentes dos clubes do Rio (Foto: Joel Silva/LANCE!)

O Vasco quer administrar o Maracanã em parceria com a WTorre e a Legends. Em outubro do ano passado, o processo de concessão foi suspenso pelo Tribunal de Contas do Estado do Rio após irregularidades serem encontradas no edital.

Com o prazo para a Flamengo e Fluminense chegando ao fim, o Governo do Rio renovou por seis meses a permissão provisória. Desde então, a tensão e o desgaste entre Vasco e o governador só aumentam.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.

<