Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Um ano de SAF: Cruzeiro diz que teve prejuízo de R$ 24 milhões em 2022

Clube mineiro divulgou números do primeiro ano do clube gerido por Ronaldo

Lance|

O Cruzeiro revelou o primeiro balanço financeiro do clube como SAF na gestão de Ronaldo Fenômeno. Segundo a equipe celeste, o time fechou 2022 com um prejuízo contábil de R$ 24,6 milhões, já que o clube, " foi afetado por diversos efeitos não recorrentes gerados pelo início das operações e pela reestruturação do futebol".

O EBTIDA (sigla em inglês que significa Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) do Cruzeiro, com valores ajustados do período, sem os efeitos negativos citados pelo clube para o prejuízo contábil, teve saldo positivo no montante de R$14,6 Milhões (10% da receita líquida).

Ainda segundo o comunicado do clube, as dívidas de curto prazo (passivo circulante) do Cruzeiro SAF estão em R$ 127, 87 milhões. Quando o cálculo se faz com um prazo maior de um ano, o valores chegam a R$ 210,8 milhões. A dívida total da SAF cruzeirense supera os R$ 264 milhões, segundo valores apresentados. Grande parte deste valor (R$ 216 milhões) se refere a aquisição das Tocas da Raposa, que serão quitadas em 12 anos para a Associação em parcelas de R$ 1,5 milhão mensais.

Outra ação para a Associação foi a declaração de um pagamento de R$ 25,5 milhões de dívidas do Cruzeiro Associação, "sem direito a ressarcimento, conforme Acordo de investimento". Cerca de R$ 20,478 milhões foram de dívidas com clubes no exterior referentes a transação de jogadores que geravam punições desportivas, como o Transfer Ban.

Publicidade

O Cruzeiro adiantou R$ 28,675 milhões de cotas de televisionamento do Brasileiro 2023. De acordo com o clube azul, o custo total com salários, direitos de imagem e encargos da operação do futebol profissional foi de R$ 46,7 Milhões (32% da receita líquida).

Por fim, a receita total com transações de atletas foi de R$ 16,2 milhões. A SAF de Ronaldo ainda informou que R$ 92 milhões (63% da receita líquida) foram gastos em auxílio financeiro ao Cruzeiro Associação, incluindo pagamento de R$ 7,9 milhões em impostos devido a atrasos de responsabilidade do Cruzeiro Associação.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.