Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Tudo igual! Bahia e Goiás empatam na Arena Fonte Nova

Tricolor abriu o marcador com Everaldo, mas Bruno Melo conseguiu a igualdade

Lance

Lance|Do R7

Lance
Lance Lance

Na Arena Fonte Nova, Bahia e Goiás apenas empataram na abertura da 7ª rodada do Brasileirão. Com a igualdade, os dois times ficam com 7 pontos. Porém, o Tricolor é o 12º e o Verdão fica na 14ª posição.

Calendário 

Na próxima rodada, o Bahia encara o Internacional, no Beira-Rio. O Goiás mede forças diante do São Paulo, no Morumbi.

O jogo 

Publicidade

Mesmo com o status de visitante, o Goiás se comportou muito bem no começo do jogo e teve até um gol anulado de Matheus Peixoto. Aos poucos, o Bahia conseguiu sair da pressão esmeraldina e chegou a assustar em chute de Thaciano.

Na casa dos 24 minutos, o Tricolor abriu o marcador através de Everaldo, que ficou com a sobra do chute de fora da área e mandou para a rede, 1 a 0.

Publicidade

O empate do Goiás não demorou. Vitor Hugo fez uma falta dura na entrada da área e Bruno Melo encheu o pé para vencer Marcus Felipe.

Na etapa final o Bahia tentou se lançar ao ataque e Renato Paiva se desfez do esquema de três zagueiros, mas sem sucesso. O time pouco criava ou chegava perto do gol.

Publicidade

O Goiás, mais organizado, teve a chance da virada com Gabriel Novaes. O atacante saiu na cara de Marcus Felipe e parou em ótima defesa do goleiro.

Na reta final do confronto, o Goiás resolveu administrar o empate e deu espaços ao Bahia, que não soube aproveitar e pouco criou de perigo a meta de Tadeu.

BAHIA 1 X 1 GOIÁS 

Local: Arena Fonte Nova, Salvador (BA)

Data-Hora: 20/5/2019 – 16h

Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL)

Auxiliares: Brigida Cirilo Ferreira (AL) e Eduardo Gonçalves da Cruz (MS)

VAR: Vitor Carmona Metestaine (SP)

Público/renda: 23.519 pagantes/R$ 483.548,00

Cartões amarelos: (BAH), Zé Ricardo, Alesson, Émerson Ávila (GOI)

Cartões vermelhos: –

Gols: Everaldo (24’/1ºT) Bruno Melo (30’/1ºT)

BAHIA: Marcos Felipe; Gabriel Xavier (Acevedo, ao 1/2ºT), Deivid Duarte e Vitor Hugo; Vitor Jacaré; Thaciano, Cauly e Ryan (Chávez, aos 50/2ºT); Ademir (Arthur Sales, aos 38/2ºT), Everaldo e Biel (Kayke, aos 38/2ºT). Técnico: Renato Paiva.

GOIÁS: Tadeu; Maguinho (Bruno Santos, aos 20/2ºT), Lucas Halter, Bruno Melo e Sander; Zé Ricardo, Willian Oliveira, Diego e Julián Palacios (Dodô, aos 21/2ºT); Alesson (Gabriel Novaes, aos 21/2ºT) e Matheus Peixoto (Philippe, aos 36/2ºT). Técnico: Emerson Ávila.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.