Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Troféu Brasil de Natação termina com agressão física entre atletas e caso é levado ao STJD

Ana Vieira e Jhennifer são da mesma equipe, do Pinheiros, mas não treinam juntas

Lance

Lance|Do R7


Lance
Atletas do Pinheiros brigam após entrega das medalhas, no Troféu Brasil (Foto: Sátiro Sodré/CBDA)

A festa de celebração do pódio nos 100m do 'Troféu Brasil de Natação' cedeu lugar para um caso de delegacia. Duas nadadoras do Esporte Clube Pinheiros se agrediram fisicamente durante uma briga, no Parque Aquático do Centro Esportivo Santos Dumont, em Recife, e podem ser punidas pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

Jhennifes Alves, medalha de ouro nos 100m peito, e Ana Carolina Vieira, bronze, estavam próximas ao pódio quando uma pessoa da comunicação do Pinheiros pediu um vídeo para as redes sociais. A prata do módulo, Nichelly Lysy, também ia participar da gravação - que não chegou a acontecer.

De acordo com o GE, tudo começou quando Jhennifer deu uma resposta grosseira e uma cutucada em Ana Carolina Vieira após a foto das três vencedoras. A medalhista de bronze estava com ''pressa'' para fazer o registro, pois ainda disputaria o revezamento. A campeã, por sua vez, disse em tom ríspido que era rápido.

Na sequência, enquanto se encaminhava para o canto da piscina para tirar outra foto, Jhennifer irritou Ana Vieira com alguma provocação. A medalhista de bronze foi atrás da desafeto, a puxou pelo cabelo e a empurrou. Ana ainda arranhou o pescoço da 'adversária' antes de ser apartada. Jhennifer, por sua vez, bateu com o rosto na grade ao ser golpeada, mas devolveu o puxão e as agressões.

Publicidade

Jhennifer está abalada com a repercussão do caso, segundo fonte ligada a atleta. A família da campeã registrou um Boletim de Ocorrência de Lesão Corporal na Delegacia de Boa Viagem, para onde as atletas foram encaminhadas após a confusão. As nadadoras não serão punidas pelo 'Troféu Brasil', mas o caso está em análise no STJD.

+ Cupom LANCEFUT com 10% OFF para os fanáticos por esporte em compras acima de R$299,90

Publicidade

A Conferação Brasileira de Desportos Aquáticos, por sua vez, permitiu o seguimento das atletas nas competições. O procedimento do órgão é ''adverti-las formalmente e encaminhar o relatório do ocorrido ao STJD''. O Superior Tribunal de Justiça Desportiva decidirá a punição cabível para o caso.

A campeã Jhennifer também se defende da acusação do gesto de comemoração. Ao vencer a prova dos 100m de peito, a atleta fez um sinal de silêncio antes mesmo de deixar a piscina, mas a fonte, em contato com GE, garantiu que foi um recado aos críticos de sua performance durante o primeiro semestre do ano.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.