Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Treinadora da Inglaterra, Sarina Wiegman faz história na Copa do Mundo

Holandesa foi a única treinadora a chegar nas quartas em 2023 e pode ser a quarta treinadora a vencer a competição

Lance

Lance|Do R7

Lance
Lance Sarina Wiegman segue fazendo história no futebol feminino (Foto: FRANCK FIFE / AFP)

Pela primeira vez em sua história, a seleção da Inglaterra é finalista da Copa do Mundo Feminina. As inglesas vão duelar no próximo domingo (20) contra a Espanha pelo título de campeã do mundo. E muito se deve à treinadora Sarina Wiegman, cujo trabalho elevou o selecionado britânico de patamar.

No ano passado, a Inglaterra conquistou seu primeiro título de Eurocopa em Wembley, na decisão contra a Alemanha. Em 2017, a Holanda venceu o mesmo torneio, também de forma inédita, sob o comando de Wiegman. Mas a treinadora de 53 anos quer mais. Wiegman foi a única mulher que conseguiu chegar às quartas de final da Copa do Mundo de 2023 e, em caso de título no domingo contra a Espanha, se tornará a quarta treinadora a erguer o troféu de campeã mundial.

+ Espanha x Inglaterra na final da Copa do Mundo Feminina: onde assistir, data e horário

Em oito edições de Copa do Mundo Feminina, quatro foram conquistadas por seleções comandadas por treinadoras: Tina Theune com a Alemanha em 2003, Silvia Neid em 2007, também com a Alemanha, e Jill Ellis em 2015 e 2019, com os Estados Unidos. Sarina Wiegman, em caso de título, entra para o grupo de treinadoras campeãs mundiais. Na edição de 2019, a comandante holandesa chegou perto, mas ficou com o vice-campeonato quando conduzia a Holanda na derrota por 2 a 0 diante das estadunidenses.

Publicidade

+ Artilharia da Copa do Mundo Feminina 2023: veja lista atualizada

Eleita a melhor treinadora do mundo em três oportunidades pela Fifa (2017, 2020 e 2022), Sarina Wiegman foi jogadora da seleção holandesa entre 1987 e 2001, e atuava como volante. Como técnica, comandou a Holanda entre 2017 e 2021, quando assumiu a Inglaterra. Possui dois títulos de Eurocopa Feminina comandando estas seleções.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.