TJD-SC pune três jogadores da Chapecoense na reta final do Catarinense

Na briga contra o rebaixamento, o Verdão do Oeste não vai poder contar com Derlan, Anselmo Ramon e Paulinho Moccelin

Lance

Lance

Lance

Na zona de rebaixamento do Campeonato Catarinense e diante de uma crise dentro e fora das quatro linhas, a Chapecoense ganhou mais um problema para as duas rodadas finais do estadual. Tratam-se Anselmo Ramon, Paulinho Moccelin e Derlan, que foram julgados e punidos pelo TJD-SC.

Confira abaixo cada caso e o motivo da suspensão:

Derlan

O zagueiro pegou dois jogos de suspensão por conta do jogo contra o Criciúma, quando entrou duro no rival e levou o cartão vermelho nos acréscimos.

Anselmo Ramon

Contratado a peso de ouro pelo Verdão do Oeste, o atleta ainda não rendeu o esperado e tomou quatro partidas de gancho devido ao cartão vermelho no jogo contra o Marcílio Dias. Na ocasião, ele acertou o adversário com o cotovelo.

Paulinho Moccelin

Assim como Anselmo Ramon, a pena de Moccelin foi pesada. Expulso no jogo contra o Brusque por agredir o rival, ele desfalca a Chape no momento mais decisivo do semestre.

Ciente das punições, a Chapecoense promete recorrer e tentar a liberação dos atletas pelo menos para a última rodada. Nos próximos dois jogos, o time da Arena Condá encara o Joinville e o Atlético Tubarão.