Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Técnico do Palmeiras, Abel Ferreira faz alerta sobre relato de ex-Corinthians e critica: 'Queremos o ódio?'

Treinador do Verdão abordou a violência no futebol brasileiro

Lance

Lance|Do R7


Imagem da notícia

Abel Ferreira ficou satisfeito com a vitória do Palmeiras diante do Bragantino. Porém, um assunto além do jogo foi comentado pelo profissional. Ele chamou atenção para entrevista de Willian, ex-jogador do Corinthians que está na Inglaterra, e alertou sobre a pressão existente no futebol brasileiro. O técnico do Verdão criticou as cobranças em excesso no país. Veja no vídeo acima.

➡️ Tudo sobre o Verdão agora no WhatsApp. Siga o nosso novo canal Lance! Palmeiras

Em entrevista ao programa "Bola da vez", da Espn, Willian relembrou as ameaças direcionadas a ele e sua família quando estava no Timão. Além disso, o meia-atacante do Fulham lamentou as lesões que sofreu no período. O jogador optou por deixar o Brasil e disse que "se sentia um prisioneiro em sua própria casa".

Publicidade

— Vocês viram o que o Willian falou? Peço a vocês jornalistas que comentem com cuidado e atenção o que ele disse. É muito triste ver um jogador que nunca tinha se lesionado, mas com a pressão feita nas redes sociais, mídia... No futebol, só um pode ganhar. Isso interfere de tal maneira nos jogadores, que ficam tolhidos e não sai mais nada. É demasiado violento para todos nós, treinadores, jogadores, presidentes. Agressivo — disse Abel.

— Por ganharmos muito, trabalhamos muito. Ouçam com atenção o que o Willian falou. Jogador de Seleção, quis vir da Europa para cá. Mas disse: "Adeus, isso não é para mim". Isso que queremos para o nosso futebol? Semear o ódio e a violência? Temos que contribuir para que o futebol seja o espetáculo, não violência. Não são meus inimigos, são meus adversários — concluiu.

O Palmeiras de Abel Ferreira volta a jogar no domingo (23), contra o Juventude, pelo Brasileirão. A bola vai rolar no Allianz Parque, às 18h30.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.