Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Técnico do Água Santa revela papo quente antes de vitória sobre o Palmeiras e vê final do Paulistão aberta

Thiago Carpini afirmou que tinha como meta ir mais longe do que as quartas de final, mas não imaginava decisão com o Netuno

Lance|

Lance
Lance Lance

Uma final de Campeonato Paulista requer um papo quente antes da bola rolar, e o Água Santa seguiu isso à risca antes de vencer o Palmeiras por 2 a 1, neste domingo (2), no primeiro confronto da decisão do Estadual. No entanto, mesmo com o triunfo nos primeiros 90 minutos decisivos, Thiago Carpini, treinador do Netuno, vê o duelo em aberto.

- Não vou falar todos os detalhes, mas o papo foi quente. Papo de final, time competitivo. Eu sempre tive, como todos, metas e objetivos na vida, e o meu objetivo esse ano era avançar um pouco mais das quartas (de final). Me classifiquei duas vezes, mas não imaginava tanto assim. Não sonhei com o jogo em específico, mas sonho muito com esse título, ser campeão, porque o clube precisa de mudanças e passa por esse momento. Está tudo em aberto, não tem nada definido. Vantagem do primeiro jogo para enfrentar um adversário desse quilate é quase irrisória, quase nada, 0 a 0 – disse o comandante da equipe do Grande ABC.

+ Bruno Mezenga decide para o destemido Água Santa; veja as notas

De toda forma, Carpini considera o feito conquistado neste fim de semana na Arena Barueri como algo histórico, não só para o clube, mas também para ele próprio. O técnico chegou ao Netuno em maio do ano passado, após o Água conseguir o acesso à elite do futebol paulista.

Publicidade

- Dia histórico para o Água Santa, para mim, enquanto profissional, carreira curta como técnico, para esse grupo, para esse projeto, essa comunidade que me abraçou. Estou há 10 meses em Diadema, povo sofrido, mas apaixonado pelo Água Santa. Mesmo que o Água Santa não seja o primeiro time deles, eles gostam muito - destacou Thiago.

O Água Santa tem a semana livre até o confronto de volta da decisão do Campeonato Paulista, que acontecerá no próximo domingo (9), enquanto o Palmeiras tem compromisso pela Libertadores nesta quarta-feira (5), às 21h30 (de Brasília), contra o Bolívar, da Bolívia, em La Paz. Qualquer empate no Allianz Parque, no próximo fim de semana, dá o título ao Netuno. Se o Verdão vencer por um gol de diferença, independentemente do placar, a decisão irá para os pênaltis.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.