Lance Tardelli tem discurso emocionado em sua despedida do clube: 'minha história nunca vai ser apagada'

Tardelli tem discurso emocionado em sua despedida do clube: 'minha história nunca vai ser apagada'

O atacante se despediu do Atlético-MG neste domingo, 30, com o fim do seu contrato. Ele foi homenageado pelo clube por seus bons serviços prestados

Lance

O domingo, 30 de maio foi dia de homenagens ao ídolo Diego Tardelli, que está se despedindo do Galo. Depois do jogo contra o Fortaleza, no Mineirão, pela rodada de abertura do Campeonato Brasileiro, o atacante foi homenageado pelo Atlético-MG.

Apesar da festa não ter sido completa, já que seus agora ex-companheiros foram derrotados pelo time cearense na estreia da competição nacional. Mas, nada que abalasse a justa homenagem ao multicampeão pelo time alvinegro.
Cercado por jogadores e comissão técnica, Tardelli recebeu uma placa e uma camisa número 112, em referência ao número de gols que marcou com o manto alvinegro.

Todos os atletas atuaram com o nome de Tardelli na camisa. A entrega das homenagens foi feita pelo presidente Sérgio Coelho:

-Você está no rol dos maiores ídolos que o Clube Atlético Mineiro já teve Sinto-me muito honrado e privilegiado em estar aqui para te homenagear-disse o presidente.

O atacante destacou que é muito grato por tudo que viveu no Galo, pelos títulos, pelos gols, pela história que construiu com a camisa alvinegra.

-Sair como ídolo não tem preço, vai ficar para o resto da minha vida, por gerações e gerações", afirmou. "O momento é triste, mas, ao mesmo tempo, saio muito feliz. O que me conforta é o carinho e o respeito da Massa. Obrigado Clube Atlético Mineiro-disse Tardelli.

Tardelli lamentou a ausência da torcida em sua despedida:
-É uma pena que a Massa não está aqui para acompanhar este momento. Meu ciclo se encerra hoje, mas a minha história nunca será apagada. Só gratidão mesmo-completou.

Na chegada da delegação atleticana ao estádio, o letreiro do ônibus do galo exibia a mensagem TARDELLI: #GRATIDÃO.

No Galo, foram 230 jogos, sete títulos e 112 gols. Tornou-se o 15º maior artilheiro da história do Clube e o sexto maior artilheiro atleticano em clássicos, com nove gols, inclusive o gol do título da Copa do Brasil de 2014, na vitória por 1 a 0 sobre o Cruzeiro, no Mineirão.

Campeão da Copa Libertadores (2013), Copa do Brasil (2014), Recopa Sul-Americana (2014) e Campeonato Mineiro (2010, 2013, 2020 e 2021), Tardelli também havia defendido o Atlético de 2009 a 2011 e de 2013 a 2014. Nesta última passagem, retornou ao Galo em fevereiro de 2020.

Tardelli encerrou sua terceira passagem pelo Galo e recebeu homenagens do clube

Tardelli encerrou sua terceira passagem pelo Galo e recebeu homenagens do clube

Lance

Tardelli encerrou sua terceira passagem pelo Galo e recebeu homenagens do clube-(Pedro Souza/Atlético-MG)

Últimas