Lance Substituto de Ramon no Vasco, Thiago Kosloski critica pênalti não marcado: 'Dois pesos e duas medidas'

Substituto de Ramon no Vasco, Thiago Kosloski critica pênalti não marcado: 'Dois pesos e duas medidas'

Com o treinador principal isolado por Covid-19, auxiliar-técnico esteve à beira do campo neste domingo, contra o Coritiba, e concedeu entrevista coletiva após a partida

Lance

Diagnosticado com Covid-19, o técnico do Vasco, Ramon Menezes, permaneceu no Rio. Coube a Thiago Kosloski, auxiliar-técnico, ficar à beira do gramado do Couto Pereira no jogo tenso que terminou com derrota do Vasco para o Coritiba por 1 a 0. Mas ele não engoliu o pênalti não marcado sobre Neto Borges, no qual o árbitro de vídeo chamou o de campo para ver o lance novamente, ele assistiu, mas não entendeu como falta.

- Fizemos um bom jogo aqui em Curitiba. Estávamos ansiosos, teve um perde-ganha, mas começamos a assentar no jogo, ao longo do primeiro tempo. Fizemos alguns cruzamentos, mas, no segundo tempo, tivemos o controle das ações e tivemos oportunidade de matar o jogo. O Wilson fez grande defesa. No final do jogo, num pênalti que houve, o Fernando Miguel faz a defesa, o juiz manda voltar e, na minha visão também foi pênalti no Neto. Quase rasgou a chuteira do Neto - desabafou Thiago, antes de completar:

- É difícil opinar, mas foram dois pesos e duas medidas. No mínimo, o empate era o ideal. Mas não aconteceu. Precisamos recuperar (fisicamente) e voltarmos as atenções para quarta-feira - pregou o auxiliar-substituto.

O Vasco volta para o Rio e, nesta quarta-feira, encara o Botafogo pela Copa do Brasil. No primeiro jogo da eliminatória, vitória do Glorioso por 1 a 0.

Últimas