Lance Soares e Murray sofrem, mas vão às 4ªs no US Open

Soares e Murray sofrem, mas vão às 4ªs no US Open

Dupla de mineiro persegue bicampeonato do US Open

Lance
Lance

Lance

Lance

A parceria formada pelo mineiro Bruno Soares e o escocês Jamie Murray, campeã do US Open em 2016, sofreu, mas se garantiu nas 4ªs de final do torneio ao superarem a dupla do alemão Dominik Koepfer e o finlandês Emil Ruusuvuori.

Abrindo a programação da quadra 5 do complexo de Flushing Meadows, Soares e Murray precisaram de 2h19 para fechar o placar em 7/6 (6) 6/7 (4) 6/1 tendo convertido o mesmo número de aces da parceria do alemão, 7, e cometeu 5 duplas-faltas contra 10 dos rivais, que cometeram 41 erros não forçados a 21 e dispararam 43 bolas vencedoras contra 13 de Soares e Murray.

Sétimos favoritos da disputa, Soares e Murray iniciaram a partida sacando melhor, porém, sofreram a primeira quebra no 4º game, devolveram na sequência e voltaram ao ritmo inicial, salvaram breakpoint no 9º game e forçaram o tiebreak. Ali, o equilíbrio se manteve e uma mini-quebra no 14º ponto definiu a parcial.

Na segunda etapa, o equilíbrio se manteve e a dupla do brasileiro teve a única chance com breakpoint no 9º game e viu a disputa ir novamente para o tiebreak, onde os saques dos rivais se sobressaiu.

No terceiro set, os rivais demonstraram certo cansaço, cometeram alguns erros e diante da solidez de Soares e Murray foram quebrados no 2º e 6º games, sendo totalmente dominados.

Últimas