Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Sinner destaca confiança após conquista em Toronto

Italiano chega confiança para disputas de Cincinnati e do US Open

Lance

Lance|Do R7

Lance
Lance Lance

O tenista italiano Jannik Sinner, número seis do mundo, destacou sua confiança após a conquista do primeiro Masters 1000, em Toronto, no Canadá, no último domingo.

“Meu nível de confiança aumentou desde o ano passado. Sinto-me muito melhor na pista, mais confortável", disse o italiano que já tinha feito final no torneio de Miami, nos Estados Unidos.

"Quando você passa por momentos difíceis ao longo da semana e consegue lidar com eles da melhor maneira possível, acho que é a melhor sensação”, disse ele.

Alex de Minaur foi seu rival na grande final, jogador que também provou ter cacife para entrar no top 10, caindo por um triz na 12ª posição após o torneio. O australiano venceu Daniil Medvedev, Alejandro Davidovich e Taylor Fritz, entre outros: "Ele tem um dos golpes mais difíceis que já enfrentei, honestamente."

Publicidade

A parte mental, fundamental em seu trabalho sob as ordens de Simone Vagnozzi e Darren Cahill

Após a derrota no segundo round em Roland Garros para Daniel Altmaier, Sinner percebeu suas fragilidades e começou a redirecionar a situação focando no trabalho mental: “Percebi na hora da partida, mas não tive forças para mudar. Depois do jogo, eu e minha equipe conversamos e senti que encontramos uma boa solução, como encontrar o caminho certo. Como eu disse, em Toronto, acho que tive uma atitude muito boa durante toda a semana e espero poder mostrar isso aqui também.

Publicidade

Fizemos um trabalho muito bom na pré-temporada, o que para mim é muito, muito importante e acho que também me fortaleceu fisicamente. A nível mental estava preparado para competir mesmo quando não me sentia a 100%. Isso me fez sentir que estava pronto para competir.”

O tenista disse estar forte em busca de bons resultados em Cincinnati e no US Open: "Claro que tem que ficar feliz porque é uma grande conquista. Mas, por outro lado, acho que também sei que ainda posso melhorar meu tênis e quero trabalhar nisso. Espero que ele possa continuar, continuar treinando assim e vamos ver”.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.