Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Siegemund chora em entrevista e reclama falta de respeito no US Open

Alemã lamentou o comportamento do público na partida polêmica da noite de segunda-feira

Lance

Lance|Do R7


Lance
Laura Siegemund na estreia do US Open / Crédito: USTA

Eliminada pela americana Coco Gauff em batalha de 2h50min com polêmicas na noite desta sexta-feira, a alemã Laura Siegemund, 121ª colocada, chorou durante sua entrevista coletiva.

A alemã reclamou do tratamento do público na quadra Arthur Ashe lotada para 24 mil pessoas: "Eles me trataram como se eu fosse uma pessoa má. Eu gostaria mais se você jogasse bem e as pessoas gritassem, lhe dessem o respeito que você merece naquele momento ? Sim. Tenho 35 anos. Fiz um bom dinheiro, jogo para as pessoas", disse a alemã que seguiu: "Eu não vou alcançar meu melhor ranking mais, não em simples. Eu jogo pelo esforço, para as pessoas e me dando a chance de jogar um pouco mais. Sei que há torcedores que apreciam a luta , em não desistir, o bom do esporte...esta é a primeira vez que choro em uma coletiva de imprensa ...como uma atleta você deve às pessoas, às crianças que compram ingressos por um dinheiro alto. Quando eu volto eu me olho e digo que fiz um bom trabalho...Me trataram como uma trapaceadora...em nenhum momento eu fiz nada, só estava lenta e na regra eu tomo advertência. E está bem".

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.