Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Shane Ray agradece chance de disputar espaço no elenco do Buffalo Bills após 4 anos fora da NFL

Jogador sofreu com sequência de lesões no pulso nos últimos anos

Lance

Lance|Do R7

Lance
Lance Lance

O minicamp de novatos do Bills incluiu vários jogadores recém-saídos da faculdade junto com um que estava tentando retornar à NFL depois de anos afastado. O linebacker Shane Ray, de 30 anos, assinou contrato com o elenco de Buffalo após completar o período de treinamentos, ficando um passo mais perto de jogar na NFL pela primeira vez desde 2018.

Shane Ray foi escolhido na posição 23ª geral do draft de 2015 e, em sua primeira temporada, fez parte dos campeões do Super Bowl 50 de Denver. No ano seguinte, ele mostrou muito potencial jogando em todos os 16 jogos, tendo registrado oito sacks. Mas, em 2017, surgiram lesões recorrentes no pulso que limitaram severamente seu tempo de jogo nos dois anos seguintes.

+LIBERTADORES (Star+)

Libertadores Atlético-MG

Publicidade

Não perca nenhum lance do Galo na Liberta. Assine o Star+ por apenas R$40,90 por mês e torça onde quiser!

+PREMIER LEAGUE (Star+)

Publicidade

Confira com exclusividade os últimos jogos da Premier League por apenas R$40,90 por mês!

+FUTEBOL INTERNACIONAL (FutFanatics)

Publicidade

10% OFF nos mantos internacionais a partir de R$299,90 com o cupom: LANCEFUT

+BRASILEIRÃO (Prime Video)

Todos os jogos do Brasileirão você encontra no Prime Video. Assine já e acompanhe o seu time do coração!

+FORA DE CAMPO E MAIS ESPORTES (FutFanatics)

Cupom LANCEFUT com 10% OFF para os fanáticos por esporte em compras acima de R$299,90

Ele teve que passar por quatro cirurgias no pulso naquela época, levando o Denver Broncos a encerrar o vínculo após a temporada de 2018. Embora tenha tido uma breve passagem pela pré-temporada do Baltimore Ravens, Ray não jogou em 2019, em parte devido ao impacto contínuo de sua lesão. Então, com 2020, veio a pandemia e seus desafios e Ray passou os anos seguintes se recuperando e jogando naLiga Canadense de Futebol, passando dois anos com o Toronto Argonauts enquanto tentava se recuperar.

Ray descreveu este tempo como um dos anos mais difíceis que já experimentou, forçando-o a reavaliar sua perspectiva sobre a vida e o futebol americano.

- Tive que me humilhar, mais do que nunca. De ir para o Canadá e pensar sobre tudo: 'cara, é aqui que estou? Mas estava desesperado por uma oportunidade – afirmou.

E agora, mais de quatro anos depois que ele vestiu uma camisa da NFL pela última vez, seu sonho de jogar na liga novamente está vivo.

A assinatura de Ray com o Bills também significa que ele se reunirá com Von Miller. A dupla esteve na defesa vencedora do Super Bowl do Denver Broncos e treinou juntos nas últimas temporadas. Miller disse que embora estivesse feliz em ajudar seu ex-companheiro de equipe em seus treinos, ele não teve nada a ver com a assinatura de Ray com o Bills e enfatizou que a segunda chance de Ray foi puramente resultado de sua própria determinação e caráter.

- Tudo o que Shane tem, tudo depende de Shane. Então, Shane deve se sentir orgulhoso disso. Sua oportunidade é exclusivamente em função do esforço dele. Eu definitivamente o vi em seu ponto mais baixo. E também o vi em seu ponto mais alto. E eu constantemente o lembrava de quem ele é e de quem ele pode ser – destacou Miller.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.