Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Série B: Boa Esporte leva a pior em casa e sofre derrota para o Juventude

Série B: Boa Esporte leva a pior em casa e sofre derrota para o Juventude

Lance

Lance|Do R7

Lance
Lance Lance

No Estádio Municipal de Varginha, Boa Esporte e Juventude se enfrentaram com objetivos semelhantes na Série B: conquistar a primeira vitória na competição. Apesar de os mandantes terem comandado as principais investidas, quem levou a melhor foi o time de Julinho Camargo, que conquistou o triunfo com gols de Bonfim e Fellipe Mateus. Wiliam Barbio diminuiu para os mineiros.

Com o resultado, o Juventude subiu quatro colocações e assume o 12º lugar na tabela, com quatro pontos. Por outro lado, o Boa Esporte segue na berlinda sem pontos, já que foi derrotado em todas as rodadas.

Mesmo com a vasta quantidade de toques e bolas roubadas, falou criatividade para as equipes no primeiro tempo. Com marcação cerrada dos dois lados, o primeiro lance perigoso só aconteceu aos 19 minutos, quando Bruno Tubarão tabelou com Machado e deixou na medida para Daniel Cruz, que pegou por baixo e isolou. Mandante, o Boa não teve dificuldade para encontrar espaços, mas pecou nas finalizações.

No final da etapa, o Juventude passou a pressionar mais a saída de bola do rival e até arriscou na criação de jogadas, mas o Boa segurou a defesa e continuou se sobressaindo. As formações foram mantidas para o segundo tempo e com apenas três minutos de bola rolando, Christiano chutou de longe e raspou o travessão do goleiro Douglas Silva.

Publicidade

Pressionado, o Juventude conseguiu reagir e assustou o Boa em dois lances seguidos. No primeiro, Rafael Bonfim tentou o cabeceio, mas mandou por cima do gol de Fabrício. No outro, a defesa do Boa bobeou e Tony tentou encobrir o arqueiro, mas errou no chute. O time de Varginha foi para cima novamente, mas não contava com a reação do Juve. Depois de cobrança de falta para a área do rival, Rafael Bonfim subiu e cabeceou a bola para o fundo das redes aos 31 minutos.

Apesar da comemoração, a festa durou pouco, porque no minuto seguinte, William Barbio pegou o rebote da defesa de Douglas Silva e mandou uma bomba para empatar o placar. O terceiro gol do jogo veio aos 35 minutos. No lance, Tony mandou a bola para Fellipe Mateus, que invadiu a área e aproveitou saída adiantada de Fabrício para concluir a vitória do Juventude.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.