Lance Sérgio Rodrigues volta a falar de Romero e reforçou que só se haverá negócio se o clube tiver condições

Sérgio Rodrigues volta a falar de Romero e reforçou que só se haverá negócio se o clube tiver condições

O presidente do Cruzeiro vem sendo cobrado sobre a viabilidade de trazer o argentino de volta à Raposa, após sua saída, em agosto de 2019

Lance
Lance

Lance

Lance

Lucas Romero continua em pauta no Cruzeiro. E, a ansiedade do torcedor em ver o argentino de volta, tem gerado pressão no presidente Sérgio Santos Rodrigues. O dirigente já havia dito que tentará o “possível e o impossível” para trazer o volante de volta à Toca da Raposa. Todavia, Santos Rodrigues comentou novamente sobre a situação de Romero, só que desta vez de forma mais comedida.


-O Lucas, eu já falei sobre isso. Em 2016 eu fui superintendente de futebol e me chamava muita atenção essa garra do Romero. É o perfil do jogador que qualquer clube gostaria. Esforço para trazê-lo nós vamos trazer, mas tem que ser dentro da nossa realidade- explicou o presidente em entrevista à Rádio SuperFM.

Em uma live no canal oficial do clube, Sérgio Santos Rodrigues deixou os cruzeirenses esperançosos com sua fala de que há sim chance de poder contar com Romero no elenco azul.

- Chance sempre há. Estamos trabalhando muito. Temos que ter o pé no chão. Temos falado desde o começo, colocando nos eixos o Cruzeiro. Existem situações de dólar alto, situações de mercado. Mas, de fato, é claro que a gente vai fazer o possível para ser viabilizado. E o impossível também. Do nosso feitio é sempre fazer fazer o possível e o impossível. Vamos deixar acontecer. Quem sabe a gente vai conseguir fazer essa grande entrega-disse na live.

Lucas Romero jogou no Cruzeiro entre 2016 e 2019, fazendo 152 jogos, marcando três gols pela Raposa. Em agosto do ano passado, o time azul recebeu uma proposta do Independiente, que pagou 5 milhões de dólares na época pelo jogador, que além de jogar bem no meio de campo, teve boas atuações na lateral-direita, quando foi improvisado na posição.

Na Raposa foram quatro títulos. Dois bicampeonatos, do Campeonato Mineiro, em 2018 e 2019, e da Copa do Brasil, em 2017 e 2018.

Últimas