Lance Semana de Vela de Ilhabela promet evento 'de nível internacional'

Semana de Vela de Ilhabela promet evento 'de nível internacional'

Comitê da 48ª Semana Internacional de Vela de Ilhabela adota protocolos de segurança para Covid-19 e promete entrega de regatas de alto nível nessa retomada

Lance
Lance

Lance

Lance

A organização da Semana Internacional de Vela de Ilhabela, em parceria com a Prefeitura local, informou que está alinhada com as autoridades de saúde para entregar um evento de alto nível de 24 a 31 de julho, no litoral norte paulista.

As regatas devem reunir mais de 100 barcos de classes como ORC, RGS, Bico de Proa, Clássicos, C30 e HPE25. Para retomada das provas, os organizadores adotarão medidas restritivas e consultaram dirigentes de outras competições pelo mundo, não apenas de vela oceânica.

Todas as atividades relacionadas à Semana Internacional de Vela de Ilhabela atenderão aos protocolos de segurança oficiais relacionados à Covid-19. Uma das novidades para 2021 é a exigência de teste de PCR com 72 horas de antecedência para o credenciamento, que será feito nos dias 24 e 25 de julho. Além do mais, o Yacht Club de Ilhabela (YCI) não estará aberto a convidados.

- Para nós as dificuldades lembram aquela fala popular ‘A gente capota, mas não breca’. O mais importante é ter uma Semana de Vela de Ilhabela, nem que seja um pouquinho diferente. Os nossos protocolos vão exigir a testagem, ou atestado de vacinação contra a Covid, de todos os participantes. O atestado de vacinação, que substitui a testagem, é exigido somente com a 1ª dose. Não se esqueçam que para entrar em Ilhabela já é obrigatória a testagem de exame PCR com até 72 horas. Pretendemos ainda ter pelo menos mais uma testagem durante o evento. Temos certeza que todos vão entender e colaborar com essas medidas - comentou o organizador e diretor de vela do YCI, Mauro Dottori.

- Quanto à testagem durante o evento, a Prefeitura de Ilhabela, nossa grande parceira, provavelmente fará o teste rápido de antígeno, que de rápido não tem muito. Demora uns 15 minutinhos. Mas é mais do que compreensível. A segurança do evento é o mais importante e recomenda que façamos a testagem. De resto, as mesmas medidas de sempre: usar máscara, álcool gel na entrada, mais totens de álcool gel ao longo do clube e distanciamento social. Aliás é por isso que o nosso clube não poderá disponibilizar o restaurante para os convidados.

A Prefeitura de Ilhabela segue como parceira histórica do evento, que é apontado pela comunidade como o principal da vela oceânica da América do Sul. A abertura do evento será com a regata Alcatrazes – Marinha do Brasil, acompanhada pela Toque-Toque por boreste e Renato Frankenthal.

As disputas na água prometem muita emoção. E isso já está acontecendo nos eventos realizados nos últimos meses em todo o país, principalmente em Ilhabela (SP), onde recentemente ocorreu a 1ª fase da Copa Mitsubishi. Antes da 48ª SIVI será realizada de 16 a 18 a Semana de Monotipos, que conta com barcos de classes olímpicas, pan-americana e da vela jovem.

- Nós estamos esperando praticamente o mesmo número de barcos, em torno de 120. Isso dá quase mil tripulantes para essa 48ª Semana de Vela. O que estamos vendo nas regatas que já estão acontecendo é uma grande fome de velejar.

- A 48ª Semana de Vela vai ter todas as regatas que já são tradicionais, a começar pela Alcatrazes – Marinha do Brasil. Ainda, e que nos deixa muito entusiasmados e contentes: na segunda-feira, dia 26, teremos a regata Vela do Amanhã, onde os alunos das escolas de vela da região participarão de uma regata com os barcos da Semana de Vela - reforçou Mauro Dottori, que é o comandante do Caballo Loco na classe C30.

O Yacht Club de Ilhabela (YCI) segue com a política de impacto zero em suas ações visando a proteção do meio ambiente. O setor é liderado pelo ambientalista e diretor do YCI Julio Cardoso. O evento será paperless, ou seja, sem papel, valendo para comunicados oficiais e resultados.

Últimas