Lance Sem poder atuar em Florianópolis, Figueirense deve mandar jogos em Brusque

Sem poder atuar em Florianópolis, Figueirense deve mandar jogos em Brusque

Apesar de confiança do clube em liberação da capital para a realização de partidas do estadual, casa escolhida por ora foi o estádio Augusto Bauer

Lance
Lance

Lance

Lance

Caso a situação referente a impossibilidade de realizar partidas do Campeonato Catarinense na cidade de Florianópolis persista, o Figueirense já sabe onde será mandante na retomada das competições: na cidade de Brusque, mais precisamente no estádio Augusto Bauer.

A confirmação de que o local fará o papel de casa para o Furacão do Estreito foi confirmada pelo presidente do clube, Norton Boppré, para a 'Rádio Figueira'. Agregando que estudos em outras regiões foram feitos, mas a decisão acabou sendo pelo estádio de propriedade do Carlos Renaux, porém bastante utilizado pelo Brusque.

- Fizemos estudos e análises, desde Palhoça, São José, Brusque e Tubarão. Atualmente, caso o Figueirense não possa jogar em Florianópolis, o local mais indicado é o estádio próprio do Carlos Renaux, em Brusque.

Apesar do clube ter se cercado em caso negativo, ainda existe a crença (baseada em movimentações não muito detalhadas pelo dirigente) de que a proibição de atuar em Floripa será "derrubada" e não haverá a necessidade de ser anfitrião na cidade que fica a pouco menos de 130 quilômetros da capital.

- Há uma confiança de que os nossos jogos, especialmente esse de volta contra o Juventus, aconteça em Florianópolis. O presidente da Federação, Rubens Angelotti, está confiante. Os últimos encaminhamentos da Prefeitura sinalizam para isso.

A retomada do futebol para o Figueirense está marcada para o dia 9 de julho pelo confronto de ida nas quartas de final do Catarinense diante do Juventus-SC em Jaraguá do Sul.

Últimas