Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Sem craque Sam Kerr, Austrália bate Irlanda com gol de pênalti na Copa do Mundo Feminina

Stephanie Catley converteu cobrança em penalidade marcada pela árbitra brasileira Edina Alves Batista

Lance|

Lance
Lance Lance

Nesta quinta-feira, a Austrália estreou com vitória na Copa do Mundo Feminina. As anfitriãs tiveram jogo duro contra a Irlanda, mas se sobressaíram em triunfo apertado, por 1 a 0. O gol foi marcado por Stephanie Catley, em cobrança de pênalti. A equipe da Oceania teve o desfalque da craque Sam Kerr, que lesionou a panturrilha e deve ficar fora dos jogos iniciais no Mundial.

+ Festa das anfitriãs: Nova Zelândia surpreende e estreia com vitória sobre a Noruega na competição

O duelo foi apitado pela equipe de arbitragem brasileira. A árbitra Edina Alves Batista, as auxiliares Neuza Inês Back e Leila Cruz e a assistente de vídeo Daiane Muniz conduziram o jogo de forma tranquila. O pênalti da vitória australiana, inclusive, foi apitado por Edina sem precisar da revisão no monitor.

Veja cinco lances importantes do encontro

Publicidade

!NO ÂNGULO! Aos 5 minutos da segunda etapa, Kyra Cooney-Cross fez lançamento para a área e Hayley Raso, ao correr em direção à bola, acabou sendo empurrada por Marissa Sheva. Edina Alves marcou pênalti sem precisar de revisão do VAR. Stephanie Catley foi para a cobrança e acertou o ângulo da goleira Brosnan, que não teve o que fazer. Australianas em vantagem no placar.

!LOGO DEPOIS! A Irlanda pareceu ter sentido o gol e quase viu a desvantagem aumentar; Na saída de bola, Ruesha Littlejohn cochilou e deixou a bola passar. Mary Fowler, ligada, roubou e acelerou pelo meio. A marcação fechou o meio, mas a habilidosa camisa 11 arrastou para a perna esquerda e finalizou. A bola acabou passando por cima do gol, com perigo.

Publicidade

!CENTÍMETROS DO PERIGO! Em escanteio aos 22 minutos, Catley levantou na área buscando a primeira trave. Caitlin Foord antecipou a marcação, saltando no segundo andar para desviar. A bola foi em direção à segunda trave e passou perto do poste e perto de Hayley Raso, quase ampliando o placar.

!NO VENENO! A jogada aérea perigosa das australianas quase foi a arma da Irlanda para o empate. Também em escanteio, três minutos depois da cabeçada de Foord, Katie McCabe ajeitou com carinho para as europeias e bateu com muita curva, fechado. A goleira Mackenzie Arnold, já saindo do gol, foi surpreendida e precisou voltar para afastar de soco, quase sofrendo o gol de empate.

Publicidade

!MILAGRE! Já aos 51 minutos do segundo tempo, a Irlanda teve grande chance de igualar o placar. Em lançamento para a frente, as australianas Larkin e Payne furaram em conjunto. Gorry pegou a sobra, arrancou pela direita e tocou no meio. McCabe dominou, se enrolou com a marcação, mas conseguiu finalizar. Mackenzie Arnold, bem colocada, fez grande defesa e salvou a equipe da casa. No lance seguinte, McCabe recebeu, levantou na área e Louise Quinn testou para fora. Milagre da arqueira suficiente para manter o 1 a 0 no placar.

Como foi o primeiro tempo?

A expectativa para o confronto era grande inicialmente, devido a serem duas seleções que gostam de propor jogo. Porém, muito pela ansiedade de um estreia em Copa do Mundo, o que se viu em Sydney foi um confronto ruim na etapa inicial. A Austrália teve mais volume de jogo, com 64% de posse de bola, mas só finalizou uma vez na direção do gol, já nos acréscimos e em chute de longe de Katrina Gorry. A Irlanda, por outro lado, optou por fechar suas linhas e só chegou a um chute, errando o alvo. Muitos erros de tomada de decisão e pouco capricho nos 45 minutos iniciais.

E na segunda metade?

À medida que a ansiedade diminuiu, o jogo melhorou. Na volta para o segundo tempo, a Austrália se mostrou mais incisiva no terço final do gramado e a ousadia trouxe a recompensa. No primeiro lance mais perigoso, o pênalti em Hayley Raso foi marcado por Edina Alves Batista. Stephanie Catley cobrou com muita categoria e abriu o placar. Tendo um time superior, a equipe da Oceania viu o campo se abrir com a saída da Irlanda para o jogo e controlou até o fim.

Como fica a situação das seleções?

Com a vitória, as australianas dispararam na liderança em um grupo dificílimo. Com três pontos, a equipe está em primeiro, enquanto a Irlanda amarga a última posição. Nigéria e Canadá ainda se enfrentarão pelo jogo de estreia de ambas, completando a primeira rodada do grupo B.

+ Conheça a história da Seleção Brasileira na Copa do Mundo Feminina

FICHA TÉCNICA

Austrália 0x0 Irlanda

Data e hora: 20 de julho de 2023, às 7h (horário de Brasília)

Estádio: Estádio Olímpico, em Sydney (AUS)

Arbitragem: Edina Alves Batista (árbitra), Neuza Inês Back e Leila Cruz (auxiliares), Maria Carvajal (quarta árbitra), Daiane Muniz e Juan Soto (VAR)

Público: 75.784 presentes

Cartões amarelos: Denise O'Sullivan (IRL)

Gols: Stepanhie Catley (AUS), aos 6 minutos do segundo tempo

AUSTRÁLIA (Técnico: Tony Gustafsson)

Mackenzie Arnold; Ellie Carpenter, Clare Hunt, Alanna Kennedy e Stephanie Catley; Katrina Gorry, Kyra Cooney-Cross, Hayley Raso e Cortnee Vine (Emily van Egmond); Caitlin Foord e Mary Fowler (Clare Polkinghorne)

IRLANDA (Treinadora: Vera Pauw)

Courtney Brosnan; Heather Payne, Niamh Fahey, Louise Quinn, Megan Connolly e Katie McCabe; Ruesha Littlejohn, Denise O'Sullivan, Sinead Farrelly (Abbie Larkin) e Marissa Sheva (Lucy Quinn); Kyra Carusa (Isibeal Atkinson)

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.