Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Seleção Brasileira: Ednaldo cobra Uefa, dispara contra arbitragem e exige obrigatoriedade do VAR

Amistoso contra a Espanha não contou com arbitragem de vídeo

Lance

Lance|Do R7

Lance
Lance Lance (Lance)

Ednaldo Rodrigues, presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), não aprovou a arbitragem do empate da Seleção Brasileira com a Espanha, nesta terça-feira (26), no Santiago Bernabéu (Madrid).

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

De acordo com o mandatário, seria papel da Uefa aplicar a utilização do VAR, sistema que não esteve presente no amistoso. Ele revelou que vai exigir a obrigatoriedade da abitragem de vídeo em jogos de seleções.

- A Uefa, né. Os amistosos em Data Fifa são norteados pela confederação. Se fosse no Brasil, seria a Conmebol. Ela (Fifa) pode até exigir que não tivesse o VAR, mas caberia à confederação determinar que houvesse. A CBF vai, sim, colocar para a Fifa que daqui para frente seja obrigatório ter o VAR para jogos de seleções nacionais e Data Fifa - afirmou.

Publicidade

➡️ Rodrygo comenta polêmica envolvendo pênaltis contra a Seleção Brasileira: ‘Duvidosos’

➡️ Web detona atuação da arbitragem de amistoso entre Brasil e Espanha: ‘Assaltaram’

Publicidade

Além de abordar a questão do VAR, Ednaldo falou sobre as ações contra o racismo que foram implementadas no amistoso entre a Seleção Brasileira e a Espanha.

- A gente sempre tem lutado bastante, para que possamos fazer com que mais vozes se unam a nós. Colocamos isso para o mundo inteiro e foi muito bom. Só será atingido quando mais federações e outras instituições estejam fazendo da mesma forma que o Brasil está. No Congresso de 17 de maio, na Tailândia, a Fifa vai ter uma posição muito forte, exigindo que as 211 confederações filiadas façam com que todo e qualquer tipo de discriminação no futebol seja combatido com veemencia.

Publicidade

➡️ O QUE VEM POR AÍ?

O Brasil voltará a jogar amistosos em junho, antes da Copa América.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.