Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Santos define estratégia para contratação de novo goleiro; saiba nomes

Hugo Souza entra na pauta enquanto clube alvinegro dá chances para Brazão

Lance

Lance|Do R7

João Paulo passou por uma cirurgia no tendão de Aquiles do tornozelo esquerdo Gabriel Brazão vai assumir a lacuna deixada pelo lesionado João Paulo (Foto: Raul Baretta / Santos FC)

O Santos vai contratar um goleiro na janela de transferências do meio do ano, que abre no dia 10 de julho. Nomes ainda estão sendo discutidos e os próximos seis jogos serão fundamentais para definir como o clube alvinegro vai agir no mercado.

A ideia da diretoria é dar confiança para Gabriel Brazão. Contratado no início desta temporada, o atleta entrou no decorrer do jogo contra o América-MG, na última rodada da Série B, quando o titular João Paulo rompeu o tendão de Aquiles do tornozelo esquerdo. Até a abertura do período de contratações, são sete jogos para que ele conquiste confiança na equipe.

Com isso, o nome de Marcelo Grohe, que voltou a ser pauta imediatamente após a lesão de João, perdeu força internamente. A direção santista fez um contato com o estafe do profissional, mas o desejo dele em ter um contrato até o fim de 2026 afastou inicialmente o interesse do Peixe, que não formalizou proposta e não pretende realizar neste primeiro momento.

Sem plena confiança em Diógenes, reserva imediato da meta santista atualmente, a ideia é contratar um goleiro para a suplência, caso Brazão se destaque. Ao contrário, o nome de Grohe pode retornar à pauta.

Publicidade

Hoje, o principal cotado para ser contratado é Hugo Souza, que pertence ao Flamengo e está emprestado ao Chaves, de Portugal, até o meio do ano. Neneca, como também é chamado, tem vínculo até dezembro do ano que vem, mas o interesse do Peixe é tê-lo, inicialmente, até o fim desta temporada.

Além dele, Jordi, do Novorizontino, e Pedro Rocha, da Ponte Preta, também estão no radar. O primeiro agrada até mais a direção do Santos, mas ainda está atrás de Hugo Souza na lista de preferências.

A preocupação é que os times do interior paulista dificultam uma possível liberação, já que ambos são adversários diretos na segunda divisão do Campeonato Brasileiro.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.