Lance Sakkari bate francesa em boa estreia em Roland Garros

Sakkari bate francesa em boa estreia em Roland Garros

Semifinalista em 2021, Sakkari é sólida em início de defesa de campeonato

Lance
Lance

Lance

Lance

A grega Maria Sakkari, terceira da WTA, está na segunda rodada de Roland Garros, após bater a francesa Clara Burel, 95ª, em um jogo muito tranquilo, apesar das tentativas da rival e marcado por uma confusão nas arquibancadas perto do fim do jogo.

Atual semifinalista do Slam parisiense, Sakkari precisou de 1h37 para fechar o placar em 6/2 6/3 tendo convertido os três aces da partida e cometido três duplas faltas contra seis de Burel, que cometeu 27 erros não-forçados contra 29 da grega, que disparou 24 bolas vencedoras contra 13 da francesa.

Sakkari encara na segunda rodada do torneio a tcheca Karolina Muchova, 81ª, que está retornando ao circuito de lesão e venceu a francesa convidada da organização, Carole Monnet, 249ª, em 6/3 6/3.

Muchova e Sakkari se enfrentaram duas vezes no circuito profissional e cada tenista venceu um duelo.

Confusão em quadra

Quando Sakkari estava pronta para sacar para a partida, o jogo foi interrompido por mais de 5 minutos por uma confusão entre a segurança do torneio e um torcedor. Não foi informado oficialmente o que aconteceu nas arquibancadas da Philippe Chatrier, porém foi possível ver seguranças exigindo que um homem guardasse seu aparelho celular e depois três seguranças sentaram-se ao lado do torcedor, o que indica desconfiança da presença de algum agente de máfia de apostas, para agilizar as informações das atleta em quadra para uma base externa de apostadores.

Em jogos do circuito profissional e isso inclui torneios do Grand Slam, não é permitido realizar apostas em jogos e muito menos fornecer informações das quadras para grupos externos. Por regra, torcedores podem ser expulsos das competições e até mesmo indiciados por crimes em concordância com a legislação de cada país. Em caso de profissionais ou voluntários dos torneios flagrados nestas atividades o credenciamento é retirado e o profissional pode ser proibido de frequentar o circuito.

Últimas