Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Saiba quanto um atleta brasileiro vai receber por medalha nos Jogos Paralímpicos de Paris 2024

Valores por pódios serão maiores do que os distribuídos aos atletas em Tóquio

Lance|

Lance
Lance Lance (Lance)

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) divulgou, nesta quinta-feira (28), a premiação que será destinada aos atletas brasileiros medalhistas nos Jogos Paralímpicos de Paris 2024. O megaevento começará daqui a cinco meses, com a cerimônia de abertura no dia 28 de agosto, e irá até 8 de setembro.

A distribuição de valores será feita de acordo com a cor da medalha e prevê faixas diferentes de recompensa para modalidades individuais e coletivas. Os atletas-guia, calheiros, pilotos e timoneiros que forem ao pódio também serão gratificados.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

Os medalhistas de ouro em provas individuais receberão R$ 250 mil por medalha, enquanto a prata renderá R$ 100 mil cada e o bronze, R$ 50 mil. Os valores que serão repassados aos campeões, vice-campeões e terceiros colocados na capital francesa representam um aumento de 56,25% nas gratificações recebidas pelos atletas que atingiram os mesmos feitos nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020. No Japão, cada medalha de ouro rendeu R$ 160 mil, a de prata, R$ 64 mil, e a de bronze, R$ 32 mil.

Na França, o título paralímpico em modalidades coletivas, por equipes, revezamentos e em pares (bocha) valerá um prêmio de R$ 125 mil por atleta. Já a prata, neste caso, será bonificada com R$ 50 mil e o bronze, com R$ 25 mil. Os esportes coletivos tiveram o mesmo reajuste percentual dos atletas individuais na comparação com os Jogos de Tóquio. Demais integrantes das disputas, atletas-guia, calheiros, pilotos e timoneiros, vão receber 20% da maior medalha conquistada por seu atleta e 10% do valor correspondente a cada pódio seguinte.

➡️ 120 dias para as Olimpíadas! Veja dez curiosidades sobre o Brasil nos jogos

Para Paris, o CPB tem a expectativa de convocar cerca de 250 atletas. A delegação brasileira, até o momento, assegurou sua participação nas seguintes modalidades, com 150 atletas: atletismo, natação, vôlei sentado (masculino e feminino), goalball (masculino e feminino), futebol de cegos, ciclismo, hipismo, canoagem, remo, taekwondo, tiro esportivo, tiro com arco, bocha e tênis de mesa. A convocação final será feita em três partes: duas em junho e uma em julho.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.