Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Rybakina volta a bater Sabalenka e vai à semi em Pequim, sua 8ª no ano

Cazaque passou por número 1 do mundo e vai buscar a final na China

Lance

Lance|Do R7


Lance
Rybakina em Pequim / Crédito: China Open

A cazaque Elena Rybakina, 5ª da WTA, parece ter encontrado o caminho para bater a número 1 do mundo, a bielorrussa Aryna Sabalenka, e está na semifinal do WTA 1000 de Pequim, na China, sua oitava semi no ano, onde encara a russa Liudmilla Samsonova.

Rybakina, que abriu a temporada 2023 tendo perdido os quatro confrontos que teve com Sabalenka somando a final deste Australian Open, conseguiu encontrar uma tática de devolução de saque agressiva buscando entrar em quadra e assim bateu a atual número 1 do mundo na grande final do WTA 1000 de Indian Wells em março deste ano e construiu sua vitória nesta sexta-feira nas quadras de Pequim.

No piso rápido coberto da capital chinesa, Rybakina precisou de 1h34 para fehar o placar em 7/5 6/2 tendo disparado 12 aces a quatro de Sabalenka, que cometeu oito duplas-faltas a uma e venceu 74% dos pontos jogados com seu primeiro serviço conta 77% de aproveitamento da cazaque.

"Eu joguei muito bem hoje. Saquei muito bem e estou muito feliz com minha apesentação hoje. Contra Aryna é sempre uma batalha difícil, mas eu ealmente curto jogar contra ela", comentou Rybakina na entevista em quadra.

Publicidade

Jogando sua oitava semifinal na temporada, Rybakina busca sua quinta final no ano diante da russa Liudmilla Samsonova, 22ª, que superou a letã Jelena Ostapenko, 17ª, em 6/3 6/2 após 1h04 de partida.

Samsonova e Rybakina se enfrentaram três vezes no circuito profissional e a russa levou melhor em todos os duelos.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.