Lance Rollo diz que Santos pode 'fechar as portas' se não vender Verissimo

Rollo diz que Santos pode 'fechar as portas' se não vender Verissimo

Presidente em exercício, Rollo considera fundamental venda do zagueiro ao Benfica, para fazer caixa e impedir que clube perca jogadores de graça

Lance
  • Lance | por Lance

Orlando Rollo ficará a frente do Peixe até o fim de dezembro

Orlando Rollo ficará a frente do Peixe até o fim de dezembro

Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos

Durante a reunião do Conselho Deliberativo realizada virtualmente nesta terça-feira (17), o presidente em exercício do Santos, Orlando Rollo, reiterou a importância do clube negociar o zagueiro Lucas Veríssimo com o Benfica (POR). Enfático, o mandatário inclusive disse que caso a operação não prossiga o Peixe pode "fechar as portas".

O Conselho Fiscal reprovou o avanço do negócio, que chegou a ser votado pelo Deliberativo, mas Rollo solicitou uma revalidação nos próximos dias, frente o que ele considera fundamental a venda de Verissimo para fazer caixa, o que o cartola diz não ter mais previsão para 2020.

Além da inadimplência com outros clubes, como Huachipato (CHI) e Atlético Nacional (COL), que bloqueiam o Peixe junto a Fifa e o impede de registrar novos atletas, o temor de Rollo é perder jogadores gratuitamente, já que acumula dívidas em salários e direitos de imagem, o que abre precedentes para rescisão unilateral de contrato.

- Comitê de Gestão do Santos não terá responsabilidade caso percamos todos os jogadores de graça. Conste-se em ata. O Comitê de Gestão trouxe a solução. Não poderemos ficar com essa falha - disse Orlando durante a reunião.

O Benfica (POR) propôs ao Peixe um empréstimo de um ano por Lucas Veríssimo, entre janeiro de 2021 e janeiro de 2022, com obrigatoriedade de compra após o período. O time português deseja pagar 6,5 milhões de euros (R$ 41,1 mi) em cinco parcelas. Mediante a situação financeira delicada do Alvinegro, a diretoria conseguiu a antecipação desses valores junto a um grupo de investimento belga, que reteria 1,4 milhões de euros (R$ 8,8) e repassaria 5,1 milhões de euros (R$ 32,2 mi) ao Santos, que tem 80% dos direitos econômicos do defensor - os outros 20% pertencem ao próprio atleta.

Rollo ainda admitiu que recebeu uma melhor proposta por Lucas Veríssimo, vinda do Al-Nassr (SAU), que ofereceu pagar 3 milhões (R$ 15,9 mi) de dólares no ato fechamento do negócio e 3,5 milhões (R$ 18,6 mi) de dólares em janeiro, quando Lucas se apresentaria ao clube. Porém, o zagueiro não topou o negócio, pois deseja ser transferido apenas para a Europa.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

Neymar provoca nas redes sociais, após rumores de namoro com Gabily

Últimas