Lance Repórter é agredido por torcedor do Atlético-MG no entorno do Mineirão após semifinal contra o Palmeiras

Repórter é agredido por torcedor do Atlético-MG no entorno do Mineirão após semifinal contra o Palmeiras

Motoqueiro usou o capacete para agredir Alexandre Silvestre, da TV Gazeta

Lance
Lance

Lance

Lance

Cenas lamentáveis após a semifinal da Libertadores entre Atlético-MG e Palmeiras marcaram o clima nos arredores do Mineirão. Na noite de ontem (28), Alexandre Silvestre, da TV Gazeta, foi agredido por um motoqueiro enquanto estava ao vivo na transmissão que repercutia o avanço da equipe de Abel Ferreira.

- Um daqueles babacas, valentões, me pegou de surpresa e me deu com o capacete na minha cara. Só que ele se ferrou, porque não aconteceu nada comigo. Minha cabeça é dura demais, e o capacete dele quebrou. Agora, a polícia está tentando achar o rapaz para eu identificá-lo. Vamos ver o que acontece. O cara ser valente com cinco ao lado é fácil - lamentou Alexandre Silvestre.

A Polícia Militar (PM) identificou os dois homens que teriam agredido o jornalista. A dupla foi encaminhada a Central de Flagrantes 4, no bairro Alípio de Melo, na Pampulha.

Dentro de campo, o Palmeiras está na final da Copa Libertadores da América 2021 após empatar com o Atlético-MG por 1 a 1 no Mineirão. Além da chance de faturar o tricampeonato do torneio, o Verdão irá arrecadar uma quantia que certamente ajudará os cofres do clube.

No aguardo de Barcelona de Guayaquil e Flamengo, o Alviverde já garantiu pelo menos US$ 6 milhões (R$ 32 milhões), caso seja vice-campeão. A Conmebol pagará US$ 15 milhões (R$ 80 milhões) ao campeão da Libertadores.

Últimas