Lance Relembre o Mundial de 1976, quando o Cruzeiro enfrentou o Bayern de Munique de Beckenbauer

Relembre o Mundial de 1976, quando o Cruzeiro enfrentou o Bayern de Munique de Beckenbauer

Jogador alemão faleceu nesta segunda-feira (8)

Lance
Lance

Lance

Lance

O Cruzeiro enfrentou o Bayern de Munique na Copa Intercontinental de 1976. A partida colocou a Raposa de frente com um dos maiores jogadores da história do futebol, Franz Beckenbauer, que faleceu nesta segunda-feira (8). O Lance! relembra como foi o jogo.

A Copa Intercontinental era um campeonato que colocava frente a frente o campeão europeu - Bayern, tricampeão em 1976 - e o campeão da América do Sul - Cruzeiro. A decisão do título era dada em duas partidas, uma na casa de cada time.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

O primeiro jogo foi na casa do Bayern de Munique, na Alemanha. O segundo jogo foi no Mineirão, no Brasil, casa do Cruzeiro. Vencedor da primeira partida, os alemães seguraram o empate em Minas Gerais e garantiram o troféu.

COMO ERAM OS TIMES?
O elenco bávaro era a base da Alemanha campeã da Copa do Mundo de 1974. Liderada pelo lendário Franz Beckenbauer e pelo histórico artilheiro Gerd Muller, o time contava com: Sepp Maier, Björn Andersson, Hans-Georg Schwarzenbeck, Udo Horsmann, Bernd Dürnberger, Karl-Heinz Rummenigge, Conny Torstensson, Uli Hoeneß e Jupp Kapellmann. O time era treinado por Dettmar Cramer.

Os brasileiros não ficavam para trás. Com campeões mundiais com a Seleção em 1970, o Cruzeiro tinha: Raul, Nelinho, Moraes, Ozires, Vanderley, Piazza, Zé Carlos, Eduardo, Jairzinho, Palhinha e Joãozinho. O treinador desse time era Zezé Moreira.

COMO FORAM OS JOGOS?
Na Alemanha, no Estádio Olímpico de Munique, o Bayern garantiu a vantagem de 2 a 0 para a segunda partida. Os gols foram marcados em um espaço de dois minutos, aos 35 e 37 minutos do segundo tempo. O primeiro foi de Jupp Kapellmann e o segundo foi do craque Gerd Muller.

No Brasil, os dois times se enfrentaram para quase 115 mil torcedores no Mineirão. Apesar do grande público, o jogo não saiu do zero e o Cruzeiro não conseguiu reverter a vantagem dos alemães, e acabou ficando com o vice-campeonato.

Últimas