Lance Recuperado da lesão no joelho que o afastou por quase dois anos do octógono, Herbert Burns espera voltar a lutar em julho pelo UFC

Recuperado da lesão no joelho que o afastou por quase dois anos do octógono, Herbert Burns espera voltar a lutar em julho pelo UFC

Faixa-preta, que passou por cirurgia para reconstrução total do ligamento e reparo de menisco, não luta desde abril de 2020

Lance
Lance

Lance

Lance

Um ano e oito meses após a sua última luta pelo UFC, Herbert Burns está de volta aos treinos. O peso-pena brasileiro estava em uma crescente em sua carreira até sofrer uma derrota e em seguida uma lesão que o forçou a passar por uma cirurgia e um longo trabalho de reabilitação. A lesão aconteceu alguns meses depois de sua derrota no UFC 252, realizado em abril de 2020. Durante um treino de Wrestling na Sanford MMA, um parceiro de treinos caiu sobre o joelho de Herbert, que acabou sofrendo uma ruptura total do ligamento. O faixa-preta revelou que já convivia há quase seis anos com a lesão, mas que dessa vez precisou passar por uma cirurgia de reconstrução de ligamento.

“Foi uma lesão muito séria para quem é atleta de alto rendimento. Era uma lesão que eu já vinha lidando há muito tempo. Na minha penúltima luta no ONE Championship eu já vinha lidando com esta lesão no joelho. Eu já tinha uma ruptura parcial do ligamento colateral anterior. Foram quase seis anos treinando e lutando com esta lesão. Todo camp eu tinha que dar uma dosada nos treinos para não sentir muito o joelho, mas chegou uma hora que a cirurgia foi inevitável. Fiz a reconstrução total do ligamento (LCA) e ainda fiz reparo de menisco. Foram nove meses de total recuperação. Então, no começo, como eu também fiz a reparação do menisco, fiquei um mês sem colocar o pé no chão. Perdi o músculo inteiro da perna. Estava andando de muleta e com dor constante. Quando voltei a andar, não existia mais o músculo da coxa. Tive que recomeçar do zero”, relembrou.

Durante esse período, Herbert se questionou muitas vezes se seria capaz de voltar a lutar em alto rendimento. Mas ele encontrou no apoio da família, dos amigos e de seus parceiros de treino, além do desejo de fazer história no MMA, a motivação que precisava para seguir em frente. Saudável, motivado e treinando forte para recuperar o tempo perdido, Herbert Burns espera voltar a lutar pelo UFC em julho.

“Estou 100% recuperado. Estou fazendo alguns treinos bem duros. Estou treinando Wrestling, Jiu-Jitsu e já vinha fazendo alguns treinos em pé há alguns meses. Estou louco para voltar a lutar. Estou me sentindo bem forte e acredito que consiga voltar a lutar em julho. Da cirurgia até agora já se passaram dez meses. Geralmente quem passa por essa cirurgia volta em um ano, então eu acredito que julho seria uma boa data para voltar a lutar pelo UFC. A vontade de voltar para recuperar esse tempo perdido é grande. No melhor cenário, eu gostaria de fazer três lutas este ano. Mas sei que é difícil, até porque depende de resultado. Duas lutas ainda este ano já seria muito bom”, avaliou o faixa-preta de Jiu-Jitsu, que acredita que voltará ainda melhor do que antes da lesão.

“Apesar de vir de derrota, eu estava vivendo um momento muito bom, com cinco vitórias seguidas. Mas agora que não tenho mais esse problema no joelho, eu acredito que vou conseguir resultados muito melhores. Vai voltar aquele “The Blaze” do começo da carreira, que acabava com as lutas bem rápido. E é isso o que eu quero, recuperar o tempo perdido e colocar o meu nome no topo do ranking”, concluiu o casca-grossa.

Últimas