Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Quais são as seleções com mais títulos da Copa do Mundo de Basquete Masculino?

Brasil soma dois títulos e seis pódios na história da competição, que acontece desde 1950

Lance

Lance|Do R7


Lance
Brasil perfilado durante o hino antes da partida contra a Grécia (Foto: FIBA)

Em 2023, a Copa do Mundo de basquete masculino da FIBA chega à sua 19ª edição. O torneio é disputado a cada quatro anos desde 1950, quando a anfitriã Argentina se sagrou campeã, com um pódio inteiramente formado por países da América: Estados Unidos (2º), Chile (3º) e Brasil (4º).

Os maiores campeões são Estados Unidos e a extinta Iugoslávia, cinco troféus cada. O país norte-americano é ainda o que mais subiu ao pódio, com outros três vice-campeonatos e quatro terceiros lugares. Inclusive, os EUA só não ficaram entre os quatro primeiros colocados em quatro edições do torneio.

+Já pensou em ser um gestor de futebol? Participe da nossa Masterclass com Felipe Ximenes e descubra oportunidades

Abaixo, o Lance! apresenta a você, fã do esporte da bola laranja, todos os países campeões do torneio, tido como, ao lado dos Jogos Olímpicos, o mais importante da modalidade entre seleções:

Publicidade

+Cupom LANCEFUT com 10% OFF para os fanáticos por esporte em compras acima de R$299,90

O Brasil nunca ficou fora de uma edição da Copa do Mundo. Os Estados Unidos são a única outra nação a disputar todas as 19 edições até agora. Ao todo, a seleção brasileira soma dois títulos mundiais, conquistados consecutivamente em 1959 e 1963.

Publicidade

Além disso, o Brasil ainda soma seis pódios, com mais dois vice-campeonatos (1954 e 1970) e dois terceiros lugares (1967 e 1978). A última vez que o país subiu ao pódio foi justamente em 1978.

Desde que chegou às semifinais em 1986, o Brasil terminou entre os oito primeiros colocados apenas três vezes: 1990, 2002 e 2014. Em 2019, a seleção brasileira conquistou o primeiro lugar na primeira fase, vencendo Nova Zelândia, Grécia e Montenegro, mas perdeu para República Tcheca e EUA na segunda fase, ficando fora das quartas de final e terminando em 13º lugar.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.