Lance Quais nomes são alvos pretendidos pelo Grêmio no futuro próximo?

Quais nomes são alvos pretendidos pelo Grêmio no futuro próximo?

No fim de semana, Renato Portaluppi 'cobrou' publicamente a diretoria do Imortal

Lance

Se em resultados a trajetória recente do Grêmio pode ser considerada como 'regular', no dia a dia o clube vive período bastante turbulento. Seja no 'Caso Adriel' como na declaração recente em tom de desabafo feita por Renato Portaluppi após o empate em 3 a 3, diante do Bragantino, pelo Campeonato Brasileiro.

- É preciso trazer dois ou três jogadores de velocidade pelo lado. Entendo a parte financeira do clube, mas o torcedor merece que briguemos. E, para brigar, você precisa gastar. Se gasta, briga. Se não gastar, vou entender, mas não exijam que o Grêmio seja campeão do Brasileirão ou Copa do Brasil. Eu não vou iludir ninguém - disparou o treinador na coletiva.

Apesar do tom absolutamente crítico usado pelo treinador, não foram notados efeitos imediatos na relação com a alta cúpula do clube pelo imenso respeito e história construída por Renato. Além disso, a proximidade entre Alberto Guerra e outros membros da direção com o atual comandante gremista dão conta de que o assunto tem sido constantemente tratado de maneira interna, não sendo necessariaente uma surpresa dos dirigentes o descontentamento do técnico.

Para tentar minimizar a 'fome' de seu técnico por novas peças, o Grêmio continua atento no mercado de transferências onde um antigo desejo ainda não foi absolutamente descartado: Michael.

>Todos os jogos do Brasileirão você encontra no Prime Video. Assine já e acompanhe o seu time do coração!

O avante do Al Hilal-ARA vê a equipe do Oriente Médio apontar para a ideia de reformular o plantel em cenário que poderia abrir a possibilidade de conversas entre as partes voltarem a aquecer. Em muito pelo fato de que, do lado de Michael, existe o desejo em trabalhar novamente com Renato, comandante com o qual viveu seus melhores momentos nos tempos de Flamengo.

Outras figuras que tem a situação analisada são o goleiro Sergio Rochet, do Nacional-URU, e o atacante Rodrigo Muniz, também ex-Flamengo e que defende o Middlesbrough na segunda divisão da Inglaterra. No caso de Muniz, em regime de empréstimo por parte dos detentores de seus direitos, o também inglês Fulham.

Apesar dos 17 jogos feitos no Middlesbrough, Rodrigo tem recebido menos oportunidades do que o desejado em contexto onde o Imortal conta, assim como na situação de Michael, com o 'trunfo' do conhecimento de Renato Portaluppi sobre o jogador. Aos 22 anos, apesar de ser centroavante de origem, Rodrigo Muniz poderia ser adaptado para atuar nos lados de campo, posição considerada como de absoluta carência dentre as peças disponíveis.

Já sobre Rochet, o interesse gremista que foi reforçado pela mídia uruguaia ocorre desde que Luis Suárez (ex-companheiro do arqueiro) estava próximo de ser anunciado no clube gaúcho. Além disso, é outra posição que vive constante caráter de indefinição após o afastamento de Adriel e constantes críticas da torcida em relação a Gabriel Grando, atual titular do posto.

Últimas