Palmeiras

Lance Protagonismo diferente em finais reforça ‘todos somos um’ de Abel Ferreira no Palmeiras

Protagonismo diferente em finais reforça ‘todos somos um’ de Abel Ferreira no Palmeiras

Verdão vai para a quinta final e sete jogadores distintos marcaram gols nas decisões

Lance
Lance

Lance

Lance

O trabalho de Abel Ferreira no Palmeiras é baseado no “todos somos um”, no qual o protagonismo da equipe é maior do que as individualidades e, quando o assunto é final, isso se faz presente no elenco. O Alviverde disputa a Supercopa do Brasil contra o Flamengo neste domingo (11), às 11h (horário de Brasília) no Mané Garrincha.

Em competições decisivas, somente atletas diferentes marcaram em finais. Ainda com Vanderlei Luxemburgo, Luiz Adriano marcou no 1 a 1 contra o Corinthians, na volta da final do Paulista. Nos pênaltis, Weverton e Patrick de Paula garantiram a conquista depois de 12 anos.

>> Sorteio dos grupos da Libertadores rende memes na web; Corinthians e Flu foram os principais alvos

Já com o comandante português, o Palmeiras teve um herói improvável no bicampeonato da Copa Libertadores. Breno Lopes entrou no segundo tempo e, nos acréscimos, garantiu a vitória no estádio do Maracanã. O atacante tinha recém-chegado ao clube após negociação com o Juventude.

Na Copa do Brasil, outros três atletas diferentes marcaram nos triunfos em Porto Alegre e Allianz Parque. Na Arena do Grêmio, Gustavo Gómez usou a cabeça para garantir a vantagem pelo placar mínimo. Na volta, as Crias da Academia ratificaram o quarto título da competição com os gols de Wesley e Gabriel Menino.

Na última quarta-feira (7), dois novos jogadores apareceram para garantir a vitória no jogo de ida da Recopa Sul-Americana contra o Defensa y Justicia, na Argentina: Rony e Gustavo Scarpa. O segundo confronto acontece também em Brasília, no próximo dia 14 (quarta-feira).

Com a mentalidade do “todos somos um”, o Palmeiras está na Capital Federal para buscar dois títulos inéditos e o caminho das decisões está aberto para novas histórias.

Últimas